As melhores contratações da temporada europeia foram realizadas pela Roma, e esta afirmação não tem nada a ver com futebol. A cada novo jogador trazido ao elenco, os giallorossi aproveitaram a visibilidade da notícia para uma excelente iniciativa: apresentavam em suas redes sociais também um vídeo com os rostos de crianças e adolescentes desaparecidos. A medida aumentou a conscientização sobre o problema e a abrangência das buscas. E, nesta semana, duas histórias tiveram um final feliz. Os romanistas confirmaram que duas destas crianças foram encontradas.

As contas oficiais da Roma em diferentes línguas apresentavam várias crianças e adolescentes. Ambos os jovens encontrados contaram com a ajuda das redes sociais em inglês. A primeira boa nova veio nesta quinta-feira, quando as autoridades acharam a salvo uma adolescente na região de Londres. Já nesta sexta, o auxílio chegou ao Quênia, onde também uma criança foi localizada.

“Quando divulgamos o rosto de uma pessoa desaparecida, nossa esperança é que o anúncio alcance vários cantos. A Roma forneceu uma plataforma para que isso acontecesse. Somos muito gratos à Roma, assim como a seus milhares de torcedores e aos torcedores de outros clubes por se engajarem com esses vídeos, ajudando-os a irem ainda mais longe. Esse apoio nos permite continuar com o trabalho e trazer mais crianças desaparecidas de volta à segurança”, declarou Ian Roullier, porta-voz da organização Missing People, que é apoiada pelos italianos.

Em um período de intensa visibilidade, a Roma deu um baita exemplo. E a eficácia da medida só reforça como outros clubes poderiam contribuir nesta mobilização.