Elliot Morris tem 37 anos e, segundo a BBC, havia defendido o Glentoran, clube de Belfast que disputa a primeira divisão da Irlanda do Norte, 722 vezes sem marcar nenhum gol. Afinal de contas, seu trabalho é o oposto: defender chutes, como fazem os goleiros. A 723ª partida seria diferente. Aos 10 minutos da vitória por 2 a 0 sobre o Institute, neste sábado, Morris cobrou uma falta do seu próprio campo de defesa, a aproximadamente 70 metros da outra meta, e contou com a contribuição do seu colega de profissão Martin Gallagher – e provavelmente do sol – para abrir o placar. Paul O’Neill fez o segundo gol para o oitavo colocado do Campeonato Norte-Irlandês.