Uma das cenas mais incomuns da temporada europeia veio da terceira divisão turca, neste final de semana. No domingo (19), o Usakspor venceu o Velimese por 2 a 0, se distanciando um pouco mais da zona de rebaixamento, e para isso contou com o brilho improvável de um lateral direito como goleiro, defendendo pênalti nos acréscimos da partida, encerrando uma improvável sequência de três defesas nas cobranças.

Os dois gols de Kadir Ari, um no primeiro e o outro no segundo tempo, deram a vitória ao Usakspor, mas o Velimese poderia ter diminuído a desvantagem nos acréscimos do jogo. O árbitro assinalou pênalti para os visitantes, que pararam em defesa do goleiro Ersin Aydin. Entretanto, a arbitragem invalidou a cobrança e deu cartão amarelo ao arqueiro por tirar os pés da linha.

Repetida a cobrança, Aydin mais uma vez defendeu o chute – e, mais uma vez, se adiantou. Sem dó, o árbitro deu o segundo amarelo ao goleiro e o expulsou. O Usakspor, que já tinha feito suas três alterações ao longo da partida, teve que colocar o lateral direito Levent Aktug sob as traves.

Com calção e meião de jogador de linha e camisa e luvas de goleiro, Aktug se preparou, apostou que o cobrador trocaria de canto e, repetindo Aydin, também pegou o pênalti, garantindo ao time da casa uma última comemoração no jogo – e um lance para dar à terceira divisão turca um inesperado destaque.