O Porto disputou um jogo essencial na corrida pelo título do Campeonato Português. Ainda assim, tinha motivos para aproveitar o duelo contra o Desportivo das Aves para realizar uma grande homenagem no Estádio do Dragão. Após o susto dado nesta semana, ao sofrer um infarto, Iker Casillas se recupera bem. Os companheiros chegaram até a visitá-lo no hospital nesta sexta-feira. E a noite do sábado seria repleta de menções ao arqueiro, motivação a mais na luta pela vitória. Ao final, a goleada por 4 a 0 honra bastante o ídolo ausente.

Durante a entrada em campo, os jogadores carregaram uma faixa desejando “Força, Iker!”. Além disso, todos os portistas carregavam o nome do arqueiro às costas. De qualquer maneira, o momento mais bonito aconteceu nas arquibancadas. Assim que o primeiro minuto de partida se completou, em referência à camisa do goleiro, os torcedores desenrolaram um enorme bandeirão com a imagem de Casillas.

Logo no primeiro tempo, o Porto já abriu caminho à goleada. Jesús Corona e Tiquinho Soares balançaram as redes antes do intervalo. Já na etapa complementar, Wilson Manafá e novamente Tiquinho completaram o triunfo. Os portistas somam 79 pontos, na segunda colocação, com dois a menos que o líder Benfica. Os encarnados, aliás, suaram frio no Estádio da Luz. O Portimonense abriu o placar no início do segundo tempo, antes que o time da casa anotasse cinco gols na meia hora final e decretasse a virada por 5 a 1. Rafa Silva e Haris Seferovic, com dois cada, foram os destaques. Jonas fechou a contagem, com o 300° tento de sua carreira profissional. Restam duas rodadas para o fim da competição.