O Atlético de Madrid ficou no empate por 2 a 2 com o Levante, fora de casa, o que poderia até não ser considerado um grande resultado. Só que diante das circunstâncias, o time colchonero pode comemorar muito. Depois de sair perdendo por 2 a 0 e ter um jogador expulso, a equipe dirigida por Diego Simeone se recuperou, conseguiu o empate com um golaço de Rodri e outro de um jogador da base. O empate ganhou muito mais sabor assim.

O Levante, em casa, já estava salvo do rebaixamento. O jogo, assim, foi livre, leve e solto. E aproveitaram algo que os times de Simeone não costumam fornecer, ainda mais em profusão: erros defensivos. Logo aos seis minutos, em uma cobrança de escanteio, Rúben Vezo tocou na segunda trave para o meio e Erick Cabaco tocou bonito para marcar 1 a 0 para os mandantes.

Aos 35 minutos, mais um erro defensivo do Atlético. Desta vez, saída de bola errada de Thomas Partey, Roger Marti se antecipou, tomou a bola e avançou para tocar para o gol e vencer o goleiro Antonio Adán. Nem parecia o Atlético de Madrid. E olha que nem estamos falando do uniforme, que realmente não parece o Atlético. Os 2 a 0 no placar tornaram a missão dos colchoneros bastante complicada.

As coisas se complicaram ainda mais no início do segundo tempo. Ángel Correa perdeu a cabeça em um lance, não só deu um encontrão no adversário como ainda o agrediu. O árbitro deu cartão amarelo, mas foi chamado pelo VAR para revisar o lance de um possível cartão vermelho direto. E, vendo o lance no vídeo, não teve dúvidas em expulsar o jogador do Atlético.

Com um a menos, a missão ficou muito complicada, mas o Atlético foi buscar. Aos 23 minutos, Rodri recebeu e, de fora da área, soltou um balaço, no ângulo, indefensável. Foi o combustível que o Atlético precisava para acreditar: 2 a 1.

Simeone tinha feito uma alteração bastante ousada no intervalo ao sacar o volante Thomas Partey, que falhou no segundo gol, e colocar o jovem atacante Sergio Camello, de 18 anos, oriundo da categoria de base do clube. Foi dele o gol de empate, aos 34 minutos. Koke chutou de fora da área, a bola desviou e sobrou para Camello dominar e marcar o gol de empate: 2 a 2.

O Atlético de Madrid termina a temporada com 76 pontos, enquanto o Levante termina com 44. Um fim de temporada que dá para dizer que é agridoce. O Atlético sonhou com o título em certo momento da temporada, mas terminará ao menos 10 pontos atrás do Barcelona, o campeão. Antoine Griezmann, se despedindo do time, não conseguiu fazer um último gol pelos Colchoneros. Termina La Liga com 15 gols, longe dos principais artilheiros (Lionel Messi, com 34, e Karim Benzema, com 21, junto com Luis Suárez).