Um golaço de Richarlison deu a vitória ao Everton neste sábado contra o Brighton por 1 a 0, neste sábado. O brasileiro fez uma bela jogada, tabelando, com drible e finalização com categoria. Com isso, o time azul de Liverpool ganha um pouco mais de fôlego e abre mais distância à zona do rebaixamento, que foi um problema ao longo do primeiro turno da Premier League.

Os Toffees dominaram a partida no Goodison Park, mas erraram demais no ataque e as finalizações não foram boas o bastante para dar uma vitória mais tranquila para o time comandado por Carlo Ancelotti. O time chegou a marcar com Dominic Calvert-Lewin, que vem sendo destaque do time nos últimos jogos, mas foi anulado pelo VAR. O time se recuperou de duas derrotas seguidas, para o Liverpool na Copa da Inglaterra, e para o Manchester City pela Premier League.

Apesar do início terrível de temporada do Everton, brigando na zona do rebaixamento enquanto o técnico Marco Silva esteve no comando do time, os Toffees já colocam a cabeça para fora da área. Estão a cinco pontos do Manchester United, que é o quinto colocado. É verdade que o United também não faz boa temporada, mas é o primeiro time fora dos quatro primeiros, o que é um bom indicativo.

O gol do Everton veio no fim do primeiro tempo. Depois de retomar a bola no meio-campo, Gylfi Sigurdsson tocou para Richarlison pelo meio e o atacante avançou até achar Bernard. O brasileiro abriu rapidamente para Lucas Digne, que tocou rasteiro para Richarlison, já dentro da área. Ele recebeu, se antecipando à marcação, fez a finta, pisando na bola, e tocou de pé direito, no cantinho: golaço e 1 a 0 para o Everton no placar. Indefensável. Foi o oitavo gol de Richarlison na Premier League. Ele se igualou a Calvert-Lewin como o artilheiro do time na temporada. Calvert-Lewin, porém, tem dois jogos a menos.

Foi um jogo bastante equilibrado e os dois times tiveram chances na segunda etapa. Apesar disso, o Everton foi melhor ao longo da partida, pecando na hora de decidir as jogadas. “Foi difícil até o fim. Nós tivemos uma oportunidade para marcar o segundo gol e tornar mais tranquilo até o final, mas é claro que quando está só 1 a 0, há dificuldades”, disse Carlo Ancelotti, logo depois da partida.

“Por 60 minutos, o desempenho foi bom, nós jogamos bem e estou feliz por isso. Hoje mostramos uma reação aos nossos torcedores. Nós temos que manter assim. Foi importante não tomar gol e vencer. Nós ficamos no controle na maioria do tempo durante o jogo hoje”, continuou o treinador italiano.

“Nós poderíamos ter conseguido algo. Nós tivemos algumas oportunidades com Glenn Murray no final, acertamos a trave e chegamos ao terço final com bastante frequência. Nossa decepção foi provavelmente porque não fizemos o suficiente no terço final para criar tantas chances quando nós gostaríamos e colocá-los sob pressão. Nós perdemos a bola quando tivemos oportunidade de manter, e isso significa que você é colocado um pouco mais para trás. Nos faltou qualidade no último terço e eles atacaram o nosso gol muito facilmente”, afirmou Graham Potter, técnico do Brighton.

Classificações Sofascore Resultados