O Leicester começou a temporada candidatando-se a se intrometer no grupo de elite da Premier League, composto pelos seis clubes mais ricos. Para fazer isso, precisa vencê-los, como fez contra o Arsenal no fim da temporada passada e, neste sábado, também contra o Tottenham, de virada, após um lindo gol de Harry Kane.

Um dos pontos de discussão da partida será o gol anulado de Serge Aurier, que colocaria o Tottenham com dois gols de vantagem, mas o assistente de vídeo encontrou milímetros de impedimento no avanço de Son no começo da jogada. Também tem que ser o começo de temporada muito acidentado do finalista da Champions League.

O Tottenham não ganha como visitante pela Premier League desde que bateu o Fulham, em janeiro, e nesse período conseguiu apenas duas vitórias, ambas pela Champions League, contra Borussia Dortmund e Ajax. É a terceira vez nos últimos quatro jogos que deixa escapar uma vantagem, todas como visitante.

O próprio Leicester teve um gol corretamente anulado por impedimento, antes de Kane abrir o placar, graças ao seu instinto. Lamela passou para Son, que deixou de calcanhar para o centroavante inglês. Ele entrou na área entre zagueiros do Leicester e levou um toque de Söyüncü que o desequilibrou. Em vez de desistir da jogada e pedir pênalti, Kane, mesmo quase deitado, emendou um chute de perna direita no ângulo de Schmeichel.

No final do segundo tempo, o Leicester começou a construir a virada com um gol bem construído, que saiu de um cruzamento rasteiro de Vardy pela esquerda e encontrou Ricardo Pereira na segunda trave. Aos 40 minutos do segundo tempo, James Maddison soltou a perna de fora da área e acertou o canto de Gazzaniga, substituindo Lloris, em licença paternidade.

.

.

Classificações Sofascore Resultados