O Tottenham conseguiu uma virada muito difícil, mas importantíssima diante do Arsenal neste domingo, em jogo no Tottenham Stadium. A vitória por 2 a 1 veio bem ao estilo José Mourinho, defendendo muito no segundo tempo, com menos posse de bola, mas consistência na linha defensiva. Este último ponto foi um problema para o Arsenal, que teve uma falha terrível no primeiro gol e falhou outras vezes ao longo do jogo, ainda que sem resultar em gol.

O Arsenal conseguiu sair em vantagem logo aos 16 minutos. Alexandre Lacazette recebeu nas imediações da área, ajeitou a bola e chutou muito forte, no alto, para marcar um golaço. A finalização do camisa 9 foi surpreendente por ser de onde estava, mas foi com a qualidade que ele já mostrou várias vezes. Um golaço para fazer 1 a 0.

Só que a vantagem durou pouco. Três minutos depois, Sead Kolasinac errou o passe para David Luiz e acabou entregando a bola para Son Heung-min, que avançou e não perdoou o goleiro Emiliano Martinez com um toque sutil por cima dele para empatar o jogo: 1 a 1. Kolasinac imediatamente colocou as mãos na cabeça e tomou bronca de David Luiz.

Aos 30 minutos, o defensor Ben Davies arriscou de longe e acertou uma bomba na trave, levando bastante perigo ao gol do Arsenal. O atacante Nicolas Pepé também teve uma boa chance em uma boal pela direita, que ele chutou colocando buscando o canto, mas foi fora. Pierre-Emerick Aubameyang também ameaçou em uma cobrança de falta, mas também foi fora.

O primeiro jogo foi bastante equilibrado. Os dois times tiveram boas ações, com o Tottenham mostrando um pouco mais ofensivamente, algo que tinha deixado a desejar na rodada passada no horrível empate com o Bournemouth. A começar por ao menos acertar o gol nos chutes.

No segundo tempo, o jogo foi bastante diferente. O Arsenal se colocou no campo adversário e tentou tomar as rédeas da partida. O Tottenham não teve problemas com isso: se fechou com duas linhas de quatro, deixando só os atacantes Son e Harry Kane à frente. E mesmo com o Arsenal tendo muita posse de bola, os Spurs não deram muitas chances de finalizações limpas.

Aos 13 minutos, a melhor chance do Arsenal, em uma bola que Aubameyang recebeu dentro da área e finalizou forte, explodindo na trave. Depois, Kane aproveitou a falha de Mustafi, entrou na área, mas, sem ângulo, tentou o toque para trás e a zaga conseguiu afastar.

O gol decisivo saiu aos 35 minutos. Son cobrou um escanteio perigoso dentro da pequena área e o zagueiro Toby Alderweireld subiu mais do que Kieran Tierney e cabeceou para o fundo da rede: 2 a 1 para os Spurs.

Depois do gol, os espaços apareceram ainda mais para o Tottenham, que contra-atacou algumas vezes levando perigo. Não aproveitou mais nenhuma chance, mas acabou com a vitória. A primeira no novo estádio, o que é também uma marca que tem sua importância para o torcedor.

O Tottenham passa o Arsenal e é o oitavo colocado na tabela, com 52 pontos. O Arsenal é nono, com 50. Os dois times ainda sonham com competições europeias. A Champions League está muito distante, já que o Leicester está com 59 pontos, mas a briga por uma vaga na Liga Europa, ao quinto e sexto colocado (caso um time com vaga em competição europeia ganhe a Copa da Inglaterra) são mais alcançáveis.

Classificações Sofascore Resultados