O Brasil veio de um empate bastante sem graça contra a Nova Zelândia no último sábado, no Pacaembu, em amistoso. Nesta terça-feira à noite, em Cuiabá, o desafio era ter uma atuação bem melhor e o time conseguiu. E de virada. Tomou o gol e conseguiu fazer 5 a 1, com direito a um golaço de Formiga, veterana do time e que segue como uma das melhores do país. O gol da meio-campista foi o mais bonito da noite.

LEIA TAMBÉM: Entre 600 opções, a seleção feminina dos EUA é o 23º time mais utilizado no FIFA 2016

“Tenho treinado há bastante tempo fazer um gol desses. Graças a Deus consegui marcar, ajudar a equipe e dar uma alegria para a torcida de Cuiabá que nos prestigiou na partida”, disse Formiga, de 37 anos, em entrevista à própria CBF. “Quem assistiu às duas partidas viu duas seleções. O Brasil que jogou no Pacaembu não é a Seleção Feminina que tem trabalhado duro. O nosso jogo é esse de Cuiabá. As meninas estavam com muita vontade dentro de campo e buscaram o resultado”, disse o técnico da equipe, Vadão. “Mesmo quando estávamos atrás no placar, a torcida nos incentivou. Isso é maravilhoso. Cuiabá nos recebeu muito bem”, declarou ainda Cristiane.

Os dois jogos amistosos com a Nova Zelândia serviram como preparação para o Torneio de Natal. A seleção agora volta a Itu, no interior de São Paulo, onde se tornou a casa da Seleção permanente. As jogadoras ficarão de folga até sexta-feira, quando se reapresentam para a disputa do torneio amistoso, entre os dias 9 e 20 de dezembro. A estreia, no próprio dia 9, é contra a Croácia. Depois, o time enfrenta o México, no dia 13, e o Canadá, no dia 16. A final será no dia 20. Érika e Cristiane, do Paris Saint-Germain, e Andressa Alves, do Montpellier, não irão disputar a competição, por não terem sido liberadas pelos seus clubes.

Assista aos gols e veja as declarações de Formiga, Érika e Vadão após o jogo: