Em parceria com o Ministério Público do Trabalho, sete times literalmente vestirão a camisa pela erradicação do trabalho infantil antes de suas partidas na rodada deste fim de semana do Brasileirão. São Paulo, Palmeiras, Santos, Corinthians, Cruzeiro, Sport e Coritiba entrarão em campo com a mensagem “Trabalho infantil não é legal”.

VEJA TAMBÉM: Milan negocia compra de terreno e já pensa em estádio para 50 mil pessoas

Conforme o final do campeonato se aproxima e o destino dos times é definido, a atenção sobre a competição aumenta, e não há melhor momento para evidenciar essa luta pelo fim do trabalho infantil através do futebol do que agora. Problematizar a prática e lembrar que a legislação proíbe o trabalho de crianças e adolescentes abaixo de 14 anos é importante, e, embora bastante protocolar, é elogiável o engajamento dos clubes com o programa. Uma pena que, independentemente dos motivos, o número de equipes envolvidas não seja maior.

De qualquer forma, os jogos que terão maior atenção no final de semana – Corinthians x Santos, Sport x Flamengo, Coritiba x Fluminense, entre outros – já serão contemplados, então a ação já terá valido a pena. Essa é a segunda vez no ano em que a campanha ganha espaço no Brasileirão. Da outra vez, o Internacional, como é possível ver na imagem que abre o post, foi quem espalhou a mensagem, na rodada do dia 12 de outubro, Dia das Crianças. Ótimo que agora não tenha sido necessário um gancho de alguma data especial para isso.