Gervinho complicou a Inter, que só conseguiu empate contra o Parma nos acréscimos

Depois de sair perdendo por 2 a 0, nerazzurri conseguiram se recuperar, mas não foi o bastante para conquistar a vitória

Gervinho foi o grande nome do jogo entre Inter e Parma, neste sábado, em San Siro. O empate por 2 a 2 veio com muito suor do time da casa, porque o marfinense fez dois gols que colocaram os visitantes em vantagem. Com uma defesa sólida, os Ducali se seguraram como puderam e, apesar de tomar o gol no final que levou ao empate, o time fez uma ótima partida.

LEIA TAMBÉM: Adeus, 007: Antes do cinema, Sean Connery recusou uma oferta de Matt Busby para jogar no Manchester United

Os dois times sofreram com desfalques. Romelu Lukaku, Alexis Sánchez, Stefano Sensi, Matías Vecino e Milan Skriniar estavam indisponíveis para a partida. Com isso, o ataque foi formado por Lautaro Martínez e Ivan Perisic. Christian Eriksen entrou no time titular, atuando próximo aos atacantes. O Parma lida com uma crise de COVID-19 no elenco, que inclusive teve dois novos jogadores infectados nas últimas 24 horas.

A ideia do Parma era se defender e o time fez isso com precisão – e alguma dose de sorte também. A Inter teve 69% de posse de bola, com 25 chutes a gol e 9 deles no alvo. O time criou boas chances de gol, mas não conseguiu converter, algo que o técnico Antonio Conte reclamou depois do jogo.

Ivan Perisic teve uma chance clara de gol em passe de Nicolò Barella. O croata matou no peito, tirou da marcação e, no alto, deu um voleio para fora. Aleksandr Kolarov soltou uma bomba de longe e levou perigo. Uma cabeçada de Achraf Hakimi também passou perto, em cruzamento de Kolarov.

No segundo tempo, o Parma aproveitou a primeira chance que teve para marcar. Hernani fez um lindo passe para Gervinho, que aproveitou um espaço entre Hakimi e o zagueiro Stefan De Vrij, e chutou de primeira antes da bola cair no chão. Um belo gol do atacante, logo no primeiro minuto.

A situação se complicaria ainda mais para a Inter pouco depois. Aos 17 minutos, a velocidade de Gervinho foi novamente decisiva. Juraj Kucka passou para Roberto Inglese pelo meio e o atacante deu um bom passe para Gervinho, novamente nas costas da defesa. O atacante finalizou cara a cara com Samir Handanovic, que não conseguiu fazer a defesa: 2 a 0 no placar.

A missão da Inter ficou difícil. Então, o time aumentou a pressão. A reação foi rápida: dois minutos de tomar o gol, Marcelo Brozovic, em um chute colocado de fora da área, diminuiu a diferença para 2 a 1. Andrea Ranocchia quase empatou em uma cabeçada, depois de escanteio, mas o goleiro Luigi Sepe fez uma grande defesa.

O empate só veio nos acréscimos. Em cobrança de falta de Kolarov, Ivan Perisc desviou de cabeça e marcou, 2 a 2. Eram 47 minutos e o árbitro tinha apontado quatro minutos de acréscimo. Acrescentou mais um depois do gol. Mesmo assim, não foi o bastante.

O empate frustra a Inter, que tentava subir na tabela. O Parma segue perigosamente perto da zona do rebaixamento.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore