O sábado será um dia muito importante no futebol escocês. O maior clássico do país acontece, o Old Firm, Rangers x Celtic. Um duelo sempre muito esperado, mas ainda mais neste momento. O Rangers está na briga pelo título diretamente com o Celtic, pela primeira vez desde 2012, quando o time faliu e foi rebaixado à quarta divisão do país. São três pontos de diferença do líder Celtic para o segundo colocado Rangers, sendo que o primeiro tem um jogo a menos – o que potencialmente eleva a distância a seis pontos. Por tudo isso, o técnico do Rangers, Steven Gerrard, falou sobre a atmosfera e o quanto espera que os torcedores façam barulho e empurrem o time diante do maior rival.

LEIA TAMBÉM: Lampard revela troca de mensagens com Gerrard sobre novos desafios como treinadores

O Rangers está há cinco jogos sem perder no Campeonato Escocês e Gerrard quer usar o fato de jogar em casa, no estádio Ibrox, para ter uma vantagem e conseguir vencer. “Não há dúvida sobre isso, a atmosfera será elétrica amanhã”, afirmou o treinador. “Nós precisamos que os nossos torcedores estejam nos apoiando, nós queremos que eles nos empurrem o tempo todo. Nós queremos que eles arranquem o teto”, disse, em uma figura de linguagem sobre a força do apoio do torcedor.

O retrospecto recente do Rangers no clássico é ruim, como é esperado de um time que subiu várias divisões nos últimos anos – está há dois anos na primeira divisão, depois de começar no último nível e subir pouco a pouco. O Rangers venceu apenas um dos últimos 14 clássicos, e foi uma vitória nos pênaltis, na semifinal da Copa da Escócia, em abril de 2016. O Celtic venceu 11 desses jogos, com 12 gols marcados contra apenas dois do Rangers. Na temporada passada, o jogo na casa do Rangers terminou em uma dramática vitória do Celtic por 3 a 2.

O primeiro duelo nesta temporada foi vencido pelo Rangers por 1 a 0 em setembro, no primeiro Old Firm de Gerrard, no Celtic Park. “Eu senti como se nos primeiros 45 minutos no Celtic Park, nós não mostramos o que somos de verdade”, disse Gerrard. “Nós jogamos em uma concha e nos faltou um pouco de bravura e de acreditar nos primeiros 45 minutos”.

“Crescemos no jogo e melhoramos à medida que avançamos, mas não foi o suficiente. Só espero que os jogadores mostrem uma boa conta deles mesmos [no sábado]”, disse Gerrard. “Haverá muitas opiniões sobre o nosso desempenho até o final do jogo, tanto se ganharmos quanto se perdermos ou empatarmos. É sempre assim”.

“Este tipo de jogo é mais examinado do que qualquer outro, nós estamos cientes disso. Mas eu tenho confiança e acredito nos meus jogadores. Eu sei que se eles trouxerem o seu melhor jogo, será suficiente para conseguir o resultado que queremos”, continuou. “Eu tenho certeza que os torcedores do Celtic ao redor do mundo estão demandando que Brendan Rodgers consiga a vitória. É exatamente o mesmo com os torcedores do Rangers comigo. Esta é a vida na Old Firm”.

Gerrard também falou sobre seus primeiros seis meses no cargo. “Nós sempre dissemos, certamente no começo da temporada, olhando os primeiros seis meses, nós queríamos estar nesta posição. Eu sinto que estamos há alguns resultados de termos seis meses perfeitos”, afirmou o treinador e ídolo do Liverpool.

Rangers x Celtic jogam neste sábado, às 10h30 (horário de Brasília).

LEIA TAMBÉM: A gênese de uma lenda: há 20 anos, Larsson ajudou o Celtic a impedir décimo título seguido do Rangers