Adriano Galliani afirmou que o Milan viveu o fim de uma era neste domingo, após a vitória por 2 a 1 sobre o Novara. A partida marcou as despedidas de Alessandro Nesta, Gennaro Gattuso, Filippo Inzaghi, Clarence Seedorf e Mark van Bommel do clube rossonero.

“Nós perderemos estes campeões extraordinários, bons jogadores que mantiveram a equipe no caminho das vitórias. É o fim de uma era. O Milan é um clube que ama seus jogadores e isso sempre é mútuo. Não me refiro apenas àqueles que passaram uma década aqui, mas também aos que, como van Bommel, estiveram por um ano e meio”, afirmou.

O dirigente ainda apontou as incertezas vividas pelo clube com a aposentadoria dos veteranos: “Os jogadores que estão deixando a equipe estão fazendo isto porque querem atuar em uma liga que exija menos fisicamente. Esta é a situação hoje, porém, não há certezas sobre o amanhã”.

Quem comentou sobre sua despedida foi Gattuso, apontando o clássico contra a Internazionale como ponto central para sua decisão: “No dérbi, eu me senti como um ex-jogador. Naquela noite, eu voltei para casa e decidi que deixaria o clube, mesmo sem conversar com ninguém. Se eu quiser continuar jogando, preciso sair do Milan”.