A quarta-feira foi negra para os clubes da Major League Soccer que seguiam na disputa da Liga dos Campeões da Concacaf. Jogando em casa, o Los Angeles Galaxy foi derrotado pelo Toronto FC por 2 a 1 e acabou eliminado nas quartas de final da competição. Mesma situação do Seattle Sounders, que encarou o Santos Laguna no México e voltou para os EUA com revés por 6 a 1 na bagagem.

Depois de empatarem por 2 a 2 no jogo de ida, Galaxy e Toronto se reencontraram no estádio Home Depot Center. Os canadenses saíram em vantagem aos 34 minutos do primeiro tempo, quando Nick Soolsma lançou Ryan Johnson para marcar de cabeça.

Contando com David Beckham, Landon Donovan e companhia em campo, os galácticos buscaram o empate logo após o intervalo, com Ty Harden mandando a bola contra as próprias redes. Aos 22, porém, o Toronto chegaria ao golpe fatal. Johnson retribuiu Soolsma, cruzando para o holandês completar de primeira.

Já o Seattle Sounders ganhou o primeiro jogo por 2 a 1, mas viu seu sonho ruir logo nos primeiros dez minutos de bola rolando no estádio Nuevo Corona. Cristian Suárez marcou o primeiro aos oito minutos, em chute de fora da área, e Oribe Peralta ampliou pouco depois, tocando na saída do goleiro.

De cabeça, Álvaro Fernández conseguiu reavivar os Rave Green antes do intervalo, mas não evitou o baile no segundo tempo. Hérculez Gomez, em dois contra-ataques, balançou as redes duas vezes. Christian Suárez bateu cruzado para marcar o quinto e, a nove minutos do fim, Carlos Ochoa encerrou o massacre.

Agora, Toronto FC e Santos Laguna se encontram nas semifinais. O primeiro jogo acontece no dia 28 de março, no Canadá. Do outro lado da chave, o Monterrey aguarda o vencedor de Isidro Metapán e Pumas Unam, que se enfrentam nesta quinta-feira.