Gabriel Martinelli encantou a torcida do Arsenal em sua estreia como titular pelo clube, há uma semana. O atacante ganhou a oportunidade de disputar a Copa da Liga Inglesa e arrebentou na goleada por 5 a 0 sobre o Nottingham Forest, ao anotar dois gols – incluindo uma pintura. A ótima atuação deixou claro que o brasileiro merecia mais minutos em campo, o que se cumpriu nesta quinta-feira. E a primeira partida do garoto de 18 anos pela Liga Europa também gerou barulho no norte de Londres. Gabriel anotou dois gols e deu uma assistência na vitória por 4 a 0 sobre o Standard de Liège, dentro do Estádio Emirates.

Assim como ocorrera diante do Nottingham Forest, Gabriel Martinelli atuou como homem de referência no ataque do Arsenal. Embora tenha despontado no Ituano como ponta, o brasileiro possui facilidade para se encaixar em diferentes funções na linha de frente. E tratou de justificar a confiança do técnico Unai Emery, com um trabalho intenso para dar alternativa aos companheiros. Além de primar nos fundamentos, sua movimentação foi outro trunfo dos Gunners ao longo da noite.

 

A garotada do Arsenal começou com tudo contra o Standard de Liège. Joe Willock e Reiss Nelson também chamavam o jogo nas meias. Depois de algumas boas chances, os Gunners abriram a contagem aos 13 minutos, com a primeira participação decisiva de Gabriel. O camisa 35 foi inteligente para se livrar da marcação e se antecipou no primeiro pau, desviando de cabeça o cruzamento de Kieran Tierney – outro garoto que desponta com os londrinos, excelente na lateral esquerda.

Três minutos depois, Gabriel ampliou. E o segundo tento demonstrou ainda melhor o talento do atacante. Reiss Nelson girou bem pela esquerda, antes de passar ao companheiro dentro da área. Gabriel ganhou a dividida com o adversário, ajeitou a bola e acertou um chute perfeito de canhota. A bola certeira bateu na lateral da rede, sem sequer permitir a reação do goleiro. Os belgas não sabiam como conter o prodígio. Pois o terceiro gol viria logo aos 22. Após um chute que espirrou na zaga, Willock aproveitou a sobra para marcar o seu.

O Arsenal tirou o pé do acelerador na sequência do primeiro tempo. Seus garotos seguiam com muita vitalidade em campo e botavam o Standard na roda, mas sem criar tantas chances de gol. Foi no segundo tempo que os Gunners voltaram com tudo. E, desde os primeiros minutos, Gabriel Martinelli pareceu disposto a completar sua tripleta. Assustou de fora da área e quase completou um cruzamento rasteiro logo depois. Se o seu tento não saía, então, o brasileiro serviu de garçom. Aos 12, ele recebeu de Ainsley Maitland-Niles na direita, chegou à linha de fundo e cruzou encobrindo o goleiro Vanja Milinkovic-Savic. A bola até parecia entrar, mas Dani Ceballos apareceu para conferir quase em cima da linha, mandando para dentro.

Depois disso, o Arsenal seguiu o seu domínio, mas sem pressionar tanto. Emery aproveitou para substituir alguns dos garotos e colocou em campo outros jogadores mais rodados, incluindo Pierre-Emerick Aubameyang. Gabriel Martinelli ficou até o fim, passando a atuar aberto na ponta esquerda durante os minutos finais. Teve boas arrancadas por ali e tentou dar mais uma assistência, com passes que terminaram travados pela zaga. No fim, até apanhou do lateral Mergim Vojvoda, que perdeu a cabeça depois de um domínio cheio de efeito do brasileiro. Ainda tentaria uma cabeçada perigosa nos acréscimos, em que não pegou em cheio na bola.

Que seja normal muitos times entrarem com reservas na Liga Europa, a vontade do Arsenal impressiona. O Manchester United recorreu ao mesmo expediente e esteve longe de encher os olhos contra o AZ, mais cedo. Enquanto isso, o Emirates viu uma porção de talentos exibindo qualidade individual e um futebol coletivamente bem construído. Garantiram três pontos e um pouco mais de moral junto a Unai Emery. Gabriel Martinelli outra vez mostra que pode jogar mais, enquanto Tierney se candidata fortemente à titularidade na lateral esquerda. Willock, Nelson e Ceballos também ajudaram a imprimir o ritmo intenso.

Com a vitória, o Arsenal chega aos seis pontos na Liga Europa. A equipe lidera o Grupo F, com sete gols marcados e nenhum sofrido. O Standard Liège aparece logo atrás, com três pontos. Aparece emparelhado com o Eintracht Frankfurt, que derrotou o Vitória de Guimarães por 1 a 0, em Portugal, na outra partida da rodada.

Classificações Sofascore Resultados