O destino do atacante Gabriel Barbosa, popular Gabigol, ainda está indefinido, mas o jogador já deixou claro algo que a própria Internazionale, com quem o jogador tem contrato, também já tinha deixado claro. O brasileiro, emprestado ao Flamengo e na expectativa pela final do Mundial de Clubes, no próximo sábado, disse que não acredita que voltará para a Itália.

O Flamengo já fez proposta para ficar em definitivo com o jogador. As negociações seguem avançadas, mas depende de uma ponta que ainda está solta no acordo: a vontade de Gabigol. O camisa 9 rubro-negro tem escapado de perguntas sobre o seu futuro, mas perguntado pela imprensa italiana sobre a Inter, o brasileiro deixou claro que o retorno ao clube não parece uma possibilidade.

“Realmente acredito que não voltarei à Itália, na Inter eu tive poucas oportunidades, mas foi bom mesmo assim”, afirmou o atacante à Sport Mediaset, depois da semifinal do Mundial de Clubes, sobre a sua situação. Pela Inter, Gabigol realmente pouco entrou em campo. Foram apenas 10 jogos pela Inter, com um gol marcado e só 183 minutos com as cores nerazzurri. Ainda foi para o Benfica, onde jogou apenas cinco vezes, com um gol em 164 minutos.

“Eu respeito a Inter porque tenho contrato com eles [até 2022], mas não tenho muito contato com o clube. Vamos ver o que acontece em janeiro, falaremos sobre isso após a final. Não tive muitas oportunidades, joguei poucos minutos, mas ainda é um período importante da minha carreira, porque eu estava em um grande clube, eu aprendi muito com os companheiros que sempre carrego no coração”, disse ainda o atacante.

O ano pelo Flamengo o qualifica como um jogador de muita capacidade. Pelo Flamengo, neste ano, o atacante brilhou com excelentes atuações e gols. São 58 jogos pelo rubro-negro em 2019 e 43 gols, sendo 25 no Brasileirão, dois na Copa do Brasil e nove na Libertadores – inclusive os dois na final, que deram o título ao clube.

A indefinição deve seguir ao menos até sábado, quando o Flamengo entra em campo pela última vez na temporada na final do Mundial de Clubes. Se o desejo do jogador for mesmo voltar à Europa, é possível que ele precise aceitar jogar em clubes menores nas grandes ligas para galgar o seu caminho rumo ao topo, já que ele acredita que pode estar entre os melhores. Futebol ele tem, mas precisará ter muita vontade para fazer as coisas acontecerem.

Final do Mundial de Clubes
Flamengo x Liverpool ou Monterrey
Sábado, 21, 14h30 – Globo, SporTV