A terça-feira foi de protestos dos torcedores do Borussia Dortmund contra os preços dos ingressos cobrados pelo Suttugart, em jogo da Copa da Alemanha. Mais do que isso, tiveram apoio do próprio clube para fazer os protestos. E foi bem criativo. Primeiro, atrasaram a entrada no estádio em 20 minutos. Depois, atiraram bolinhas de tênis no gramado, obrigando o jogo a parar – e o protesto a ganhar visibilidade.

LEIA TAMBÉM: Sem torcida, sem vitória: protesto dos torcedores do Liverpool foi simbólico em Anfield

A insatisfação era clara: o alto preço dos ingressos cobrados pelo Stuttgart. Entre os diversos ingressos vendidos à torcida do Dortmund para o jogo, 25% tinha preço de € 70, com os ingressos mais baratos a € 38,50. Os torcedores que quisessem ficar de pé pagariam € 19,50. Os torcedores do Dortmund exibiram uma faixa com os dizeres “fussball muss bezahlbarsein” (“futebol tem que ser acessível”, em tradução livre).

Depois de atrasarem a entrada no estádio, foi a vez da parte mais curiosa. Atiraram bolinhas de tênis no gramado. O tênis é considerado um esporte de elite e, por isso, foi feita a analogia. Os torcedores querem preços mais acessíveis para os ingressos para visitantes. O árbitro teve que parar o jogo após o protesto para que as bolinhas de tênis fossem recolhidas. O capitão do Dortmund, Mats Hummels, foi até os torcedores para pedir a eles que parassem de atirar as bolinhas em campo.

A Mercedes-Benz Arena, estádio do Stuttgart, tem capacidade para 60.449 pessoas. O público do jogo desta terça foi apenas de 48 mil, algo incomum nos padrões alemães de estádios sempre cheios. Mas se não é comum na liga, é comum para o Stuttgart. Segundo a Kicker, Stuttgart é um dos três clubes da Bundesliga a não terem vendido todos os ingressos em nenhum de seus jogos na temporada.

O Borussia Dortmund já tinha protestado contra o Stuttgart pelo preço dos ingressos a seus torcedores. “O Stuttgart nos ofereceu ingressos a preços muito altos, e nós reclamamos oficialmente contra isso”, afirmou o porta-voz do clube, Sascha Fligge, um dia antes do jogo. “Nós entendemos a preocupação dos nossos torcedores e o ódio que vem disso”, afirmou o técnico do Dortmund, Thomas Tuschel, na coletiva sobre a partida, na segunda.

LEIA TAMBÉM: A cerveja mais barata da Bundesliga está no estádio do Borussia Dortmund

O Stuttgart se defendeu dizendo que os preços são os mesmos praticados em jogo da Bundesliga contra o Dortmund e são os mesmos preços praticados desde a temporada 2012/13. Os torcedores do Dortmund protestam contra preços acima de € 20 para jogos fora de casa, o que consideram muito alto.

O Dortmund venceu por 3 a 1 e avançou às semifinais da Copa da Alemanha.

GOLS