É raro chegar a uma final de Liga dos Campeões contra um time que você conhece tão bem. Será assim com Borussia Dortmund e Bayern Munique, neste sábado, em Wembley. Os dois times se tornaram os dois concorrentes diretos pelo título da Bundesliga e, não por acaso, se enfrentaram muitas vezes também por Supercopa e Copa da Alemanha. Esse grande número de confrontos mostra algumas tendências dos dois times quando se enfrentam, as fraquezas e seus pontos fortes. É o que mostramos aqui nos próximos parágrafos.

Nas duas temporadas anteriores, os aurinegros saíram da sombra do dominante time vermelho da Baviera. Foram dois títulos do Dortmund, quebrando a hegemonia do Bayern e impondo uma série grande de jogos sem perder diante do time de Munique. Foram cinco vitórias consecutivas dos aurinegros entre outubro de 2010, na temporada que ganharia o título, até maio de 2012, quando conquistou a Copa da Alemanha e sua segunda Bundesliga consecutiva. Contando apenas os jogos das temporadas 2010/11, 2011/12 e 2012/13, são nove jogos, com cinco vitórias do Dortmund (nos cinco primeiros jogos dessa série), dois empates e duas vitórias do Bayern Munique.

Como o Dortmund conseguiu essas vitórias? Como o Bayern superou esses problemas e conseguiu reverter a vantagem a seu favor nos últimos jogos?

03/10/2010 – Bundesliga – Borussia Dortmund 2×0 Bayern Munique

Na temporada que fazia uma grande campanha, o Dortmund impôs a primeira vitória da série que teria sobre o rival. Os times eram parecidos e jogavam em esquemas muito parecidos entre si e com o que jogam até hoje, o 4-2-3-1. Naquela partida no Signal-Iduna Park, os aurinegros venceram com gols de Lucas Barrios e Sahín, em cobrança de falta. Naquele jogo, o Bayern ainda era comandado por Van Gaal. O time aurinegro abusou do bom toque de bola e das investidas rápidas pelos lados para sair com a vitória.

26/02/2011 – Bundesliga – Bayern Munique 1×3 Borussia Dortmund

Um dos jogos mais marcantes dessa sequência de confrontos entre os dois times. Mesmo na Allianz Arena, o Dortmund conseguiu uma grande vitória. O time se postou mais atrás do que joga normalmente pressionava o Bayern no meio-campo, esperando oportunidades de contra-ataques em jogadas rápidas. Foi assim que, por duas vezes, os aurinegros conseguiram recuperar a bola no meio-campo em erros de passe do Bayern e atacaram de forma mortal pelo meio. E em uma bola parada, veio o gol de empate. Sahín, novamente, foi um destaque do time.

19/11/2011 – Bundesliga – Bayern Munique 0x1 Borussia Dortmund

Diferente dos outros jogos, o Dortmund jogou mais em cima do Bayern, tentando trocas rápidas de passes pelo meio. Com estilos parecidos, os dois times tiveram chances, mas quem aproveitou a melhor delas foi Mario Götze. Em uma tabela com Kagawa, o meia fez o gol pelo meio. Mais uma vez, o Dortmund prevalecia no confronto direto com o rival.

11/04/2012 – Bundesliga – Borussia Dortmund 1×0 Bayern Munique

Em um jogo equilibrado, o Bayern tentava muitos lançamentos longos com Kroos, enquanto o Dortmund trabalhava pelos lados do campo e usando bolas altas – conseguiu uma bola na trave assim. Pelo meio, quem criava muito perigo com movimentação e tabelas era Kagawa. Os dois times tiveram boas chances, mas quem marcou foi Dortmund, em um lance de escanteio, contando com uma boa dose de sorte no lance. Aliás, não só naquele lance. Robben ainda perdeu um pênalti, defendido por Weidenfeller. Antes do fim do jogo, Subotic tocou contra no travessão e Robben ainda perdeu uma grande chance. Nos acréscimos, foi a vez de Lewandowski chutar uma bola na trave, em um lance por cobertura.

12/05/2012 – Copa da Alemanha – Borussia Dortmund 5×2 Bayern Munique

Esse talvez tenha sido o jogo com o maior domínio do Dortmund sobre o Bayern nessa série de jogos. Diferente das outras vezes, o Dortmund foi bastante superior. As trocas de passes pelo meio foram muito intensas e Kagawa, o articulador principal do time, foi destaque. Mas o Dortmund sentiu dificuldades em marcar as bolas enfiadas em diagonal pelo Bayern. O pênalti em Mario Gómez, que Robben converteu, saiu assim. O Bayern teve problemas, mais uma vez, com a marcação pelo meio. Uma goleada que sacramentou um ano mágico do Dortmund.

12/08/2012 – Supercopa da Alemanha – Bayern Munique 2×1 Borussia Dortmund

No jogo que abriu a temporada alemã, o Bayern mostrou que não estava de brincadeira. As fortes jogadas pelo lado do campo apareceram e, mais uma vez, as bolas enfiadas em diagonal, mas costas da defesa do Dortmund, que joga adiantada, foram um perigo. O primeiro gol saiu em uma cabeçada de Mandzukic. A bola aérea é sempre uma jogada perigoso dos bávaros. Depois, em um lançamento nas costas da zaga, Robben chutou na trave, mas Müller aproveitou. Lewandowski descontou em chute de fora da área. O Bayern mostrou-se mais forte na partida, embora tenha havido equilíbrio, como é o padrão dos últimos confrontos.

01/12/2012 – Bundesliga – Bayern Munique 1×1 Borussia Dortmund

O jogo marcava uma última esperança do Dortmund de se recuperar na Bundesliga. Jogando uma das últimas rodadas do primeiro turno, o Dortmund esperava repetir as atuações em anos anteriores na Allianz Arena. Não conseguiu. O jogo foi equilibrado, como esperado, tanto que acabou em 1 a 1, gols de Kroos e Götze. Mas o Dortmund não teve força para buscar a virada. Se defendendo bem e continuando perigoso no ataque, o Bayern controlou o jogo. E saiu com um resultado muito melhor para si do que para o rival.

27/02/2013 – Copa da Alemanha – Bayern Munique 1×0 Borussia Dortmund

Quartas de final da Copa da Alemanha na Allianz Arena. O confronto teve equilíbrio, mas o Bayern se mostrou melhor e foi quem fez uma pressão enorme em busca do gol. Dessa série de confrontos, é provavelmente aquele que o Bayern mais foi melhor em relação aos aurinegros. Foram muitas chances de gols, enquanto não dava espaços para o adversário atacar. Os bávaros usaram de recursos variados: bola aérea, jogadas pelos lados, troca de passes e chutes de fora da área. Aliás, foi com esta última opção que o gol de Robben saiu. As chances do Dortmund vieram só no segundo tempo, em bolas trabalhadas pelo meio.

04/05/2013 – Borussia Dortmund 1×1 Bayern Munique

O último jogo entre os dois times foi disputado quando já se sabia que os dois times fariam a decisão. Até por isso, os times jogaram sem vários de seus principais jogadores, o que tornou o confronto mais difícil de ser analisado. Grosskreutz, jogando na lateral direita, fez o gol do Dortmund, aparecendo de surpresa. Mario Gómez, de cabeça, empatou o jogo. As duas jogadas dos gols são bastante usados pelas equipes. É o confronto que deu menos indicações de como pode ser o jogo em Wembley.

Confira outras matérias no Especial da Final da Liga dos Campeões