A França é uma das seleções com mais talento à sua disposição e tem mostrado isso consistentemente nos últimos meses. Não à toa foi campeã do mundo, ainda que não tenha jogado um futebol de encher os olhos. Nesta segunda-feira, no seu segundo jogo das Eliminatórias da Eurocopa, a França ratificou a sua posição de uma das principais seleções do mundo, se não a principal. A campeã do mundo goleou a Islândia por 4 a 0 no Stade de France, com direito a uma atuação de alto nível dos seus principais jogadores, Paul Pogba, Kylian Mbappé e Antoine Griezmann.

MAIS DE ELIMINATÓRIAS DA EUROCOPA

A Islândia é conhecida por sua defesa sempre muito forte e tem mostrado essa característica consistentemente desde as Eliminatórias para a Copa 2014, quando passou raspando para vir ao Brasil – perdeu da Croácia na repescagem. Foi para a Eurocopa de 2016, quando foi sensação e saiu nas quartas de final, e depois chegou à Copa do Mundo de 2018. O problema é que diante da França, foi difícil segurar o ataque adversário.

No primeiro tempo, os islandeses até complicaram um pouco para o time do técnico Didier Deschamps. A França jogou menos do que o esperado, mas mesmo assim conseguiu marcar 1 a 0 aos 12 minutos, em uma cobrança de falta que o zagueiro Samuel Umtiti desviou de cabeça para as redes. Foi o placar do primeiro tempo, mas parecia uma questão de tempo até que as coisas mudassem. A França poderia jogar muito mais e a Islândia parecia tentar resistir bravamente, mas não tinha muito mais recursos para isso.

Com mais volume de jogo no segundo tempo, a França partiu para cima e deixou a Islândia ainda mais encolhida no campo de defesa. O segundo gol veio aos 23 minutos. Em uma jogada de insistência da França, Griezmann pegou rebote fora da área, abriu na direita para Pavard, que cruzou. O goleiro islandês Hannes Halldórsson não conseguiu cortar e Olivier Giroud colocou para o fundo das redes, com o gol vazio.

Foi o 35º gol de Giroud pela seleção em 89 jogos, o que o coloca como o terceiro maior artilheiro dos Bleus. O líder é Thierry Henry, com 51 gols (em 123 jogos), seguido por Michel Platini com 41 gols (em 72 jogos). Do atual time d a França, Antoine Griezmann é o mais próximo, com 28 gols em 69 jogos – curiosamente, o mesmo número de gols de Karim Benzema, que tem mais jogos, 81. Kylian Mbappé tem 11 gols em 29 jogos, enquanto Paul Pogba tem 10 gols em 65 jogos.

A França criava para marcar mais gols, mas nem parecia estar a 100% do seu esforço. Dominava o jogo com alguma tranquilidade até que chegou ao terceiro gol aos 33 minutos. Desta vez, uma combinação dos três craques do time. Pogba para Griezmann, que achou Mbappé no meio da defesa. O atacante, camisa 10 do time, tocou de bico para marcar mais um gol e ampliar o placar para 3 a 0.

O último gol do jogo veio já aos 39 minutos. Mais uma boa jogada pela França no meio de campo, com uma enfiada de bola precisa. Pogba novamente tentou o lançamento, a bola desviou na defesa e caiu nos pés de Mbappé, que deu um lindo passe de calcanhar para Griezmann em velocidade. O camisa 7 avançou e tocou com categoria, tirando do goleiro com um leve tapa por baixo da bola e jogando a bola no canto oposto: 4 a 0.

Uma vitória categórica da campeã do mundo diante de uma Islândia que não vem bem, mas ainda é uma equipe que sabe se defender. Chega a duas vitórias em dois jogos, depois de vencer por 4 a 1 a Moldávia na estreia. Dois jogos, duas vitórias por goleada e sem nem precisar fazer o seu melhor jogo.

Os franceses voltarão a campo pelas Eliminatórias da Eurocopa no dia 8 de junho contra um adversário duríssimo: a Turquia, fora de casa. Os turcos também venceram seus dois jogos, sendo que nesta segunda-feira atropelou a Moldávia por 4 a 0 em casa.