Fortaleza perto de cair para a Série D

No ano passado, o Fortaleza passou vergonha na Série C, sendo eliminado na primeira fase. Para a edição deste ano, o time investiu pesado para conquistar o acesso. Para se ter uma idéia, o time cearense contratou jogadores experientes como os goleiros Marcelo Bonan e Lopes (ex-Botafogo-RJ) o lateral Marcio Gabriel (ex-Ipatinga), os zagueiros Dezinho (ex-Ponte) e Lino (ex-Guarani), o volante Magal, o meia Esley, destaque do Mirassol no Paulistão em 2011, e os atacantes Gustavo Papa (ex-Internacional), Wellington Amorin e Carlinhos Bala (ex-Sport, Náutico e Santa Cruz). Um elenco de se impor respeito antes da competição.

Mas veio a Série C, que se iniciou no dia 16 de julho e o time cearense decepcionou mais uma vez. O time é o lanterna do Grupo B, com apenas seis pontos somados e faltando uma rodada para o término da primeira fase, o Fortaleza está perto de cair para a Série D.

Para evitar esta catástrofe, o time depois de ser goleado por 4 a 0 para o América de Natal na última rodada terá de fazer sua parte diante do CRB e torcer contra o Campinense-PB, outro ameaçado pela degola.

Como o Fortaleza tem os mesmos seis pontos do Campinense e um saldo de gols pior (-5 e -2, respectivamente), precisa tirar a diferença. Se o Campinense vencer o Guarany de Sobral por 1 a 0, por exemplo, o Tricolor precisará golear o CRB por 5 a 0.  Fortaleza e Campinense jogarão em casa.

A esperança do Fortaleza é que o Guarani de Sobral ainda briga por uma vaga para a segunda fase e só se classifica se vencer o Campinense.

A pífia campanha do Fortaleza é reflexo do péssimo trabalho fora de campo. Só na Série C deste ano, o time teve seis técnicos, em sete jogos disputados. Foram, eles: Ferdinando Teixeira, Artur Bernardes, Ademir Fonseca, Marcio Rocha (interino) e Julio Araújo

Detalhe: Ademir Fonseca não chegou a comandar o time em nenhuma partida.  Foi contratado dia 26 de agosto e no dia 4 de setembro deixou o clube rumo ao Goiás. Apenas treinou o time e foi liberado, segundo a diretoria, por ter um acordo que sairia do Fortaleza, caso recebesse proposta de um clube da Série B.

Mais drama

Outros times com tradição sofrem na Série C. O Paysandu-PA corre o risco de não se classificar para a segunda fase. No domingo, o time paraense perdeu para o Rio Branco-AC por 2 a 1. O Rio Branco chegou aos 16 pontos, garantindo a classificação antecipada para a segunda fase. O time acreano se isolou na ponta do Grupo A, enquanto os paraenses ainda têm chances de obter a vaga, pois estão em terceiro lugar, com 11 pontos, dois a menos que o vice-líder Águia-PA.

Para se classificar, o Papão tem que vencer o Araguaína-TO e torcer para o Luverdense-MT ganhar em casa do Águia. Se o Águia empatar, o Paysandu tem que golear por pelo menos quatro gols de diferença para passar o concorrente no saldo de gols.

No Grupo C, Ipatinga e Brasiliense confirmaram o favoritismo já estão classificados. Marília, Madureira e Macaé tentam se livrar do rebaixamento. O Macaé, lanterna da chave, com cinco pontos, encara o Marília (8 pontos), em Marília. Com sete pontos, o Madureira recebe o Brasiliense.

No Grupo D, o Joinville e Chapecoense já conquistaram a vaga antecipadamente. Nesta chave, a briga será contra o rebaixamento. Caxias, Brasil de Pelotas e Santo André têm chances de cair para a Série D.

Brasil encara o Santo André se enfrentam em Pelotas na última rodada. O time paulista é o lanterna e deve ser o rebaixado da chave. Campeão da Copa do Brasil de 2004, o Ramalhão só se salva se vencer no Sul. O Caxias somente será rebaixado se sofrer uma goleada em Chapecó, contra o Chapecoense e a Brasil x Santo André terminar empatada.

CURTAS

– Após o time sofrer a quarta derrota em casa, na Série B, a diretoria do Paraná anunciou, no sábado, a saída do técnico Roberto Fonseca. Guilherme macuglia deve ser o substituto.

– Na semana passada, o Paraná Clube havia contratado o meia Dinelson, que chega emprestado pelo Avaí. Dinelson começou a carreira no Guarani e passou pelo Corinthians

– O São Caetano também decidiu mudar sua comissão técnica. Vadão foi demitido após a derrota por 2 a 0, em casa, para o Bragantino e Márcio Araujo foi contratado.

– O goleiro Fábio, ex-Ponte Preta e Portuguesa, foi contratado pelo São Caetano

– O Criciúma anunciou a contratação do goleiro Vagner, revelação do Paulista de Jundiaí. Ele chega para substituir justamente Fábio, que foi para o Azulão.

– Em Volta Redonda, o Duque de Caxias perdeu por 2 a 1 para o Salgueiro e o jogo contou com apenas 53 espectadores, um recorde negativo na competição. A renda foi de R$ 210

– O zagueiro Raul, que veio do Remo-PA. Para reforçar o Sport

– Fora dos planos da Portuguesa, o atacante Thiago Silvy foi apara o Criciúma. O volante Ramalho, ex-São Paulo, também foi contratado pelo Tigre

– A Lusa também enxugou mais seu elenco com o empréstimo do atacante Leandro Love para o Grêmio Barueri

– O atacante Nádson, que foi revelado pelo Vitória e já passou pelo Corinthians, é o reforço do América-RN para a sequência da Série C