O Fortaleza foi ao Maracanã para tentar jogar e dificultou a vida do Flamengo, mas um gol decisivo de Gabigol, no fim do jogo, acabou dando a vitória ao time carioca. O placar de 2 a 1 reflete bem como foi a partida, com o Tricolor da Pici impondo dificuldade, mas o atual campeão brasileiro mostrou força e concentração para decidir a partida no final. Ainda contou com um golaço de Éverton Ribeiro, mais uma vez destaque da equipe, para abrir o placar.

O técnico Doménec Torrent escalou o Flamengo com Pedro no ataque como titular e Gabigol no banco. Michael também começou o jogo, atuando pelo lado esquerdo, e Giorgian De Arrascaeta pelo meio. Maurio Isla, titular na lateral, não fez uma boa partida. Acabaria substituído no segundo tempo. A entrada do reserva, por sinal, teria envolvimento direto no gol que decidiu o jogo.

Logo no começo do jogo, o Flamengo conseguiu sair em vantagem. Arrascaeta começou a jogada, tocou para Éverton Ribeiro, que cruzou de trivela para a área. Pedro dominou e chutou, o goleiro Felipe Alves defendeu e a bola sobrou para Éverton Ribeiro, que deu um toque sutil por baixo da bola, dando um chapéu no goleiro, e completando com um toque de cabeça para o gol: 1 a 0, aos cinco minutos.

O gol chamou muito a atenção, mas Éverton Ribeiro foi um dos principais jogadores da partida independente disso. Partindo de onde gosta, da ponta para o meio, mas com liberdade, organizou, teve boa participação e articulava o time. Tem sido consistentemente o melhor jogador do Flamengo e um destaque constante já desde 2019. Nos últimos jogos, o meia tem mostrado muito das suas qualidades nesta recuperação do Flamengo.

O Fortaleza, porém, levava perigo. O atacante Oswaldo era sempre perigoso recebendo pelo lado esquerdo, aproveitando o espaço dado pelo lateral Isla. Em uma delas bolas longas invertidas para o ponta, Oswaldo partiu para cima da marcação em velocidade e, dentro da área, foi derrubado por um carrinho imprudente de Isla. Pênalti marcado pelo árbitro Flávio Rodrigues de Souza. Juninho cobrou e empatou: 1 a 1 no Maracanã.

Pelo mesmo lado, Oswaldo foi novamente para cima de Isla, cruzou e a bola tocou o travessão, assustando Gabriel Batista, substituindo Diego Alves e também César, ambos com COVID-19. O Flamengo ameaçou com Rodrigo Ccaio, de cabeça, em cobrança de falta de Arrascaeata, mas Felipe Alves defendeu bem. Michael chutou de fora da área e também exigiu boa defesa do goleiro do Fortaleza.

Para o segundo tempo, Torrent colocou em campo Gabriel Barbosa, o Gabigol, e tirou Pedro. Manteve a estrutura do time, só mudando um jogador. E Gabigol foi procurado pelo time. Aos 22 minutos, ele recebeu uma boa bola dentro da área, limpou o lance, mas finalizou mal, para fora. Pouco depois, aos 26, o centroavante recebeu de Éverton Ribeiro e finalizou fraco, mas ele estava em impedimento.

Matheuzinho, lateral direito da base do Flamengo, entrou no lugar de Isla aos 26 minutos. E foi com ele que o gol saiu. Depois de um ataque rápido do Fortaleza, o Flamengo recuperou a bola, que caiu nos pés de Éverton Ribeiro. O camisa 7 acionou Matheuzinho pelo lado direito e o lateral foi até a linha de fundo, onde tocou para o meio, na direção de Gabigol. O camisa 9 bateu de primeira, colocado, no canto, e guardou: 2 a 1, aos 41 minutos.

O resultado foi um balde de água fria para o Fortaleza, que fez um bom jogo no Maracanã e poderia ter saído com um resultado melhor. Ao Flamengo, vale o bom jogo que fez, mesmo com um adversário difícil. Foram 18 chutes a gol dos rubro-negros, com oito deles acertando o alvo. Felipe Alves foi acionado várias vezes e a boa atuação do goleiro foi importante para impedir mais gols.

Depois do início difícil com Doménec Torrent, com um rendimento abaixo do esperado, o Flamengo conseguiu render bem, criou chances e fez o bastante para vencer. Ainda há muita margem para melhora, mas já é um time muito mais coeso do que nos primeiros jogos com o técnico catalão. O Fortaleza mostrou alguns bons sinais para jogos em que a disputa não tenha um desequilíbrio técnico tão grande.

O Flamengo salta para 14 pontos na tabela, enquanto o Fortaleza permanece com os mesmos oito pontos.