Rafael Alcântara foi deixado de lado na convocação da Espanha para as eliminatórias do Campeonato Europeu sub-19, que serão disputadas no final de maio. A ausência do meia-atacante do Barcelona B deixa o caminho aberto para que ele passe a integrar as seleções brasileiras de base.

Em fevereiro, Rafael havia disputado um amistoso com a equipe nacional espanhola. Dias depois, o filho de Mazinho foi convocado pela primeira vez para a seleção brasileira sub-20, embora não tenha sido liberado pelo Barcelona. Depois do caso, a Federação Espanhola de Futebol preferiu esperar uma decisão definitiva do atleta antes de convocá-lo novamente. Anteriormente, o blaugrana tinha deixado claro seu interesse em servir ao Brasil.

Com a ausência de Rafinha do Europeu sub-19, a imprensa espanhola aponta o interesse da federação em fechar as portas ao meia e dar oportunidade a outros jogadores com interesse de atuar pela Fúria. Dentre os destaques da convocatória feita pelo técnico Julen Lopetegui estão Gerard Deulofeu (Barcelona), José Gomez Campaña (Sevilla) e Paco Alcacer (Valencia).

Nesta temporada, Rafael disputou 34 jogos pelo Barça B na Segunda Divisão Espanhola, anotando seis gols. Além disso, o brasileiro fez duas aparições pela equipe principal, uma pela Copa do Rei e outra pela primeira fase da Liga dos Campeões.