O jogo Football Manager 2020 ainda nem foi lançado, mas parecia trazer uma novidade empolgante para fãs brasileiros. Nesta terça-feira, 27, o jogo apareceu em pré-venda no Steam, com mensagem em português. E melhor ainda: com um preço mais baixo do que o que se pagava aqui para se comprar as versões anteriores. O problema é que isso durou pouco: horas depois de aparecer, o jogo desapareceu da loja brasileira. Não houve qualquer explicação para o fato. E, aparentemente, o jogo continuará não sendo vendido na loja brasileira.

O preço que apareceu no Steam foi de R$ 81,81. Para comprar o jogo sem ele estar no Steam nos últimos anos, era preciso comprar a licença do exterior, e, por isso, o preço do jogo não ficava por menos de R$ 120. O retorno de vendas no Steam significa também que o jogo pode entrar em promoções, muito comum na plataforma, e assim o preço se torna ainda mais acessível.

Mensagem que surgiu no Steam para usuários brasileiros (Foto: Reprodução)

Desde a edição Football Manager 2013, lançada em 2012, Football Manager passou a ser vendido para usuários brasileiros no Steam. Durou quatro anos, até que parou de ser vendido em 2016. Um dos problemas que tirou o Football Manager do Brasil foi o licenciamento. Antes, o jogo trazia nomes e jogadores reais do Brasil. Em 2016, no lançamento do Football Manager 2017, a Sports Interactive confirmou que o jogo deixaria de ser vendido no Brasil por questões de direitos. A apuração da Trivela é que a empresa temia sofrer processos similares ao que a EA Sports teve que lidar por causa da sua franquia Fifa.

Desde a edição Football Manager 2017, os times brasileiros não aparecem com seus nomes oficiais e nem mesmo com as suas devidas cores. Os clubes brasileiros aparecem como siglas de três letras, que fazem uma remota referência ao nome da equipe. Mas as cores de muitos clubes estão diferentes, dificultando a identificação.

Isso pode ser corrigido com atualizações feitas pela comunidade, em sites especializados, que editam não só os nomes dos clubes e jogadores, mas também das competições, além de fornecer os chamados pacotes gráficos que atualizam logos de competições e clubes. Funciona como atualizações que as comunidades de Fifa e PES também fazem em seus respectivos jogos, em arquivos que podem ser baixados e incluídos no jogo, como se fossem edições do próprio usuário.

No Football Manager, com uma comunidade bastante ativa, isso é bastante comum de encontrar. Há diversos sites dedicados a Football Manager que fornecem opções de atualização do jogo, de transferências à inclusão de países jogáveis que, originalmente, não estão no game. Um deles é o FManager, que funciona como um fórum de discussão e também para compartilhar atualizações do jogo dos mais diversos tipos. O jogo vem com apenas três divisões no Brasil, mas com as atualizações, é possível jogar a Série D e mesmo ficcionais divisões inferiores, o que permite jogar com times que sequer estão na quarta divisão.

A descrição do vídeo de trailer do jogo apareceu em português, com geolocalização, o que poderia indicar que o jogo realmente apareceria no Brasil. A Sports Interactive não respondeu à solicitação da reportagem da Trivela. No Twitter, ao ser questionado, o perfil do Football Manager jogou um balde de água fria na esperança dos brasileiros: