Antes de tudo, é bom dizer: jornalistas, como qualquer pessoa, podem errar. Nós, que cobrimos futebol, fazemos previsões o tempo todo, baseado em observações que fazemos. Às vezes, temos o papel de dizer algo que os torcedores não querem ouvir, tão somente porque é o que vemos acontecer.

Quando falei que torcedor é mal acostumado e só quer que falem bem do time dele, muitos torcedores tricolores ficaram bravos. Tudo porque disse que o Fluminense não tinha jogado bem, apesar de ter vencido a quarta partida consecutiva na Libertadores. Das quatro primeiras partidas, o Flu jogou mal em três. Desconsiderei o jogo contra o Boca, porque ali o Flu teve uma grande atuação. Aliás, uma das duas grandes atuações do Flu no ano. A outra foi a final da Taça Guanabara contra o Vasco. É um time que tem uma defesa pouco confiável, mas um setor ofensivo com jogadores do mais alto nível.

Nem sempre os resultados são o espelho do que o time faz em campo. Pode ser apenas um reflexo do que os adversários não fizeram. A derrota do Fluminense nesta quarta-feira não tornou o time ruim. Só mostrou que o time tem defeitos, que as más atuações nem sempre resultam em vitórias, apesar do excelente elenco. Assim como o Boca Juniors, que de fato é muito mais fraco do que aqueles times que dominaram o início da década de 2000, mas não é uma porcaria. É um time bem armado, que tem muitos problemas, mas também tem jogadores que sabem seu papel em campo. Especialmente fora de casa, já que o time é montado para contra-ataques.

O Flu é o melhor elenco dos times brasileiros. Melhor do que o Santos, por exemplo. Como time, porém, o Flu não é o melhor. Em entrevista, o próprio Deco disse| que o melhor time do Brasil é o Santos. Mesmo assim, é de se imaginar que o Flu tem time para ir longe na Libertadores. Talvez até brigar pelo título. Com o elenco que tem, o time pode se acertar e tornar-se tão ou mais forte que aquele Flu de 2008, vice-campeão da Libertadores. Só que ainda não é.

O Corinthians, por exemplo, não tem um grande elenco. Mas tem um grande time. Joga muitas vezes um futebol feio, mas é seguro. Pode não ser suficiente para realizar o sonho do time de ganhar a Libertadores, especialmente porque pode eventualmente perder fora de casa por mais de um gol e sabemos que o Corinthians tem enormes dificuldades de marcar dois gols de diferença. Ainda mais no mata-mata.