A Finlândia já fez história. Garantiu a classificação à sua primeira Eurocopa na história, depois de uma vitória por 3 a 0 sobre a fraca Liechtenstein, nesta sexta-feira. O time do atacante Teemu Pukki, que fez dois gols na partida, chegou a 18 pontos e abriu sete pontos para a Grécia, a uma rodada do fim das Eliminatórias da Eurocopa. Assim, conseguiu o feito inédito e vai jogar a sua primeira grande competição.

“Eu estou sem palavras. Isso é louco. Nós conseguimos!”, afirmou Pukki depois do jogo. “Depois de todos esses anos e o que a Finlândia passou como seleção, as pessoas estão com lágrimas nos olhos, homens feitos”, afirmou Topias Kauhala, um jornalista da Finlândia, em entrevista à BBC. “É algo que nunca se viu no futebol finlandês antes, chorando com esses momentos emocionais. É um momento único na vida. Esta é uma conquista principalmente esportiva, mas nós somos uma nação pequena, então estamos muito felizes de sermos notados ao redor do mundo”.

Teemu Pukki, da Finlândia (Getty Images)

O estelar Teemu Pukki chegou a nove gols em nove jogos das Eliminatórias da Eurocopa, algo muito marcante. O Norwich, clube de Pukki na Inglaterra, bancou a montagem de um telão na capital do Finlândia para as pessoas assistirem ao jogo. A hashtag #PukkiParty foi levantada por torcedores e também foi promovida pelo clube inglês. E ao final do jogo, uma grande festa aconteceu tanto no estádio Sonera quanto fora dele, com muitas pessoas nas ruas, com bandeiras e celebrando.

Standings provided by Sofascore LiveScore