Na mesma semana em que terminou relegado ao quinto lugar da Bola de Ouro, Lionel Messi deu argumentos aos críticos da eleição, com uma atuação fantástica no dérbi contra o Espanyol. Fez de tudo um pouco no Estádio Cornellà-El Prat, de desarmes a assistências. E cobrou faltas melhor do que nunca, com dois golaços para coroar sua exibição de gala. A precisão do camisa 10 nas bolas paradas pode ser detalhada por todos os ângulos oferecidos pela transmissão oficial. Mas, de torcedor para torcedor, o impacto da imagem fica ainda mais claro por uma simples filmagem nas arquibancadas. Abaixo, o primeiro tento do argentino, aquele no qual Diego López saltou muito bem, mas em vão. A curva, o posicionamento da barreira, o chute rente à trave: a magia se torna palpável no modo mais cru. Vale conferir: