Primeiro dos galácticos a ser contratado pelo Real Madrid nos anos 2000, Luís Figo conviveu com Raúl por cinco temporadas. E o português revelou que, a despeito de sua transferência para o Schalke 04, o desejo do camisa 7 era encerrar a carreira pelos merengues.

“Raul queria terminar sua carreira no Real Madrid, mas isso não aconteceu. Ele foi forçado a deixar o clube. Espero que ele seja feliz no Qatar”, declarou o português, em entrevista à rede de televisão Al Jazeera.

Formado pelas categorias de base do Real, Raúl deixou o clube no final da temporada 2009/10, após atuar em 550 partidas e marcar 228 gols. Depois de dois anos no Schalke, o espanhol foi contratado pelo Al Sadd em maio.

Além disso, Figo também falou sobre o clima para o clássico entre Barcelona e Real Madrid que acontece no próximo domingo, no Camp Nou: “Os oito pontos que separam Barcelona e Real Madrid não representam uma distância tão grande para se superar. Nada está decidido ainda”.

Por fim, o português comentou suas expectativas sobre o ganhador da Bola de Ouro de 2012: “Eu acredito que Cristiano Ronaldo possa ganhar a Bola de Ouro esse ano, porque ele ganhou La Liga. Entretanto, é realmente impossível decidir quem é melhor entre Lionel Messi e Ronaldo”.