A Etiópia voltou a ter direitos, no futebol. Nesta quarta, a Fifa homologou o fim da suspensão da EFF, federação do país africano, que realizou a eleição de novos diretores.

A suspensão fora aplicada no ano passado, após a federação etíope não ter reconduzido à direção os comandantes reconhecidos pela Fifa, que haviam sido depostos em meio a uma crise interna.

 

Com a punição, a seleção da Etiópia foi retirada das Eliminatórias Africanas para a Copa de 2010, mesmo com quatro partidas já disputadas, pelo Grupo B da primeira fase.

O comitê executivo da Fifa já votara pelo fim da suspensão, em encontro realizado em maio, devido à organização de nova assembleia geral da federação da Etiópia.

Segundo nota divulgada à imprensa, a Fifa afirmou: “A eleição na Etiópia ocorreu no último fim de semana, e foi fiscalizada tanto pela Fifa quanto pela CAF (Confederação Africana), para satisfação de ambas as partes.”

A entidade ainda comunicou: “O apoio da Fifa, por meio de vários programas, estará disponível novamente à EFF, e o assunto das eleições será discutido na reunião de nosso Comitê Executivo, em setembro.”


Os comentários estão desativados.