Participar de uma Copa do Mundo é um prazer inenarrável. Quem teve a honra de estar presente no Mundial de 2014, certamente não se esquecerá da experiência. E, pelo visto, os brasileiros tomaram ainda mais gosto pela coisa. Nesta semana, a Fifa abriu sua segunda etapa de vendas dos ingressos para a Copa de 2018. Pois o Brasil está entre aqueles que encabeçam a demanda pelos bilhetes. É o quinto país com mais compradores, abaixo apenas da anfitriã Rússia, além de Argentina, México e Estados Unidos.

Segundo a Fifa, 98% dos ingressos disponibilizados nesta etapa foram vendidos em 24 horas, um total de quase 160 mil entradas. Os russos, obviamente, são os maiores interessados em aproveitar a Copa do Mundo em seu país, adquirindo 51% desta parcela. Já o restante do Top 10 é dominado principalmente pelos países das Américas, com a Colômbia também em sexto. Nações de outros continentes só aparecem da sétima colocação para baixo: China, Austrália, Alemanha e Índia completam a lista divulgada. Se o Mundial de 2018 proporcionou uma verdadeira invasão do Brasil pelos vizinhos latinos, a paixão transbordará do outro lado do Atlântico.

A atual etapa de vendas será concluída em 28 de novembro, com os ingressos podendo ser adquiridos no site FIFA.com/tickets. Já o restante das vendas acontecerá a partir de 5 de dezembro, quatro dias depois da realização do sorteio que determinará os grupos da Copa de 2018. Ao todo, mais de 600 mil entradas para o torneio já foram comercializadas.