O Comitê Disciplinar da Fifa anulou a vitória do Sudão sobre a Zâmbia, ocorrida em junho, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2014. Os sudaneses foram punidos por conta da utilização de um jogador irregular e os três pontos foram revertidos aos zambianos.

A Fifa não divulgou detalhes sobre o caso, apontando apenas que Saif Ali, autor do segundo tento na vitória por 2 a 0, estava inelegível para o confronto. A Federação Sudanesa de Futebol tenta recorrer da penalização.

Com a decisão, Zâmbia passa a liderar o Grupo D do qualificatório africano. Os atuais campeões continentais somam seis pontos, três a mais que a seleção de Gana. Apenas o líder da chave avança para a última fase. Os próximos jogos da competição acontecem apenas em março de 2013.