A Fifa anunciou nesta quarta-feira a abertura de uma investigação contra Ladan Bosso. O treinador da seleção nigeriana sub-20 foi acusado de cometer atitudes racistas durante um jogo do Mundial Sub-20.

Bosso teria usado termos discriminatórios ao se dirigir a Howard Webb, árbitro da partida dos nigerianos contra o Chile, nas quartas-de-final do torneio, no domingo. Os chilenos golearam por 4 a 0 na prorrogação e se classificaram para a fase seguinte da competição.

Caso seja considerado culpado, o treinador corre o risco de receber uma suspensão de até quatro partidas.