Por conta da pandemia de coronavírus, diversas confederações continentais anunciaram o necessário adiamento das Eliminatórias e dos compromissos inicialmente firmados à próxima Data Fifa. AFC (Ásia), OFC (Oceania), CAF (África), Conmebol (América do Sul) e Concacaf (América do Norte, Central e Caribe) já tinham solicitado que suas seleções não entrassem em campo nos jogos previamente marcados ao fim de março e ao início de abril, restando apenas uma posição oficial da Uefa (Europa). Já nesta sexta, a Fifa agiu e garantiu que os clubes não serão obrigados a liberar seus jogadores às federações.

“À luz da situação atual sobre o coronavírus, a Fifa decidiu que as regras gerais do futebol, que normalmente obrigam os clubes a liberar os jogadores às partidas das seleções, não se aplicarão à próxima janela internacional em março e abril. A situação está evoluindo rapidamente ao redor do mundo e várias restrições de viagens internacionais já foram impostas por diferentes autoridades públicas”, escreveu a Fifa, em seu comunicado oficial.

“A Fifa entende que realizar as partidas nas atuais circunstâncias não apenas apresenta riscos potenciais à saúde dos jogadores (e do público em geral), como também compromete a integridade esportiva de tais partidas, já que certos times podem estar privados de seus melhores atletas”, complementou a entidade. “Para evitar qualquer risco desnecessário e também situações de potencial injustiça esportiva, recomendamos que todas as partidas internacionais previamente marcadas seja agora adiadas, para que possam ocorrer em um ambiente seguro e protegido. A decisão final cabe aos respectivos organizadores”.

A mensagem da Fifa recai diretamente à Uefa. Neste momento, dentre as entidades continentais que realizam competições oficiais, apenas a confederação europeia não possui uma definição clara do que acontecerá. Os únicos torneios de seleções suspensos por lá são os de base. Embora diversas federações nacionais já tenham entrado em contato, em teoria, os compromissos da repescagem à Euro 2020 permanecem em vigor. Todavia, a Uefa deverá tomar sua posição na próxima terça, quando tem reunião marcada. O adiamento da Eurocopa, inclusive, é cogitado.

A posição da Fifa protege os clubes e os atletas. Além das competições oficiais, há também diversos amistosos marcados para a próxima Data Fifa, sobretudo envolvendo as principais seleções da Europa que já garantiram suas vagas na Euro 2020. O bom senso prevalece na maioria dos casos e diversas entidades se anteciparam, anunciando o cancelamento de seus duelos. Ainda assim, a ordem da Fifa garante aos jogadores e aos clubes a liberdade de não se apresentarem, caso exista alguma insistência.

A Data Fifa aconteceria de 26 de março a 2 de abril. AFC e Conmebol realizariam rodadas das Eliminatórias para a Copa do Mundo. Já na CAF, estavam marcados compromissos pela fase qualificatória da Copa Africana de Nações de 2021. Já entre os amistosos inicialmente previstos, estavam: Espanha x Alemanha, Inglaterra x Itália, Países Baixos x Espanha e Alemanha x Itália. Nem todas essas partidas foram canceladas de maneira oficial, mas a posição da Fifa é clara.

A Fifa ainda informou que está estudando as possibilidades de reprogramar as partidas adiadas. “Estamos confiantes que, com a boa vontade e a flexibilidade de todos os lados, soluções apropriadas serão encontradas para que as partidas ocorram no devido tempo, com a mínima disrupção. Estamos trabalhando em colaboração com autoridades de saúde pública relevantes nacional e internacionalmente (incluindo a OMS) e, levando em consideração o conselho dos especialistas, consideramos que esta medida é a mais apropriada e a mais responsável dentro das atuais circunstâncias”.