A Liga Europa teve rodada cheia nesta quinta-feira, mas poucos jogos realmente chamavam atenção. Em sua maioria, os clubes das principais ligas enfrentavam adversários sem tanta expressão. Pois foi aí que surgiram as surpresas. Feyenoord e Zenit tomaram goleadas inimagináveis. Ambos atuaram fora de casa e voltaram com indigestos 4 a 0 na bagagem, aumentando bastante a pressão para os reencontros na próxima semana.

A humilhação do Zenit aconteceu em Belarus. Os russos encararam o Dinamo Minsk, antigo adversário no Campeonato Soviético, e tomaram uma sapatada. O camisa 10 Uros Nikolic balançou as redes duas vezes e comandou o triunfo por 4 a 0, aberto graças a um frango do goleiro Yuri Lodygin. Entre os jogadores em campo pelos celestes, vários nomes tarimbados, com menção especial a Branislav Ivanovic. Já o Feyenoord sofreu de maneira parecida na Eslováquia, onde encarou o Trencin. O croata Antonio Mance tratou de arrebentar com os holandeses, anotando uma tripleta nos 4 a 0 dos anfitriões. Giovanni van Bronckhorst poupou parte de seus titulares após a conquista da Supercopa da Holanda. Ainda assim, estavam presentes jogadores importantes, como Jordy Clasie e Sebastian Larsson. E nada desculpa a quantidade de erros juvenis da defesa.

No restante das partidas, destaque para a vitória do luxemburguês Dudelange, que bateu o Legia Varsóvia na Polônia por 2 a 1 (após este já cair em casa na Champions ante o Spartak Trnava), e para o empate sem gols entre Istambul Basaksehir e Burnley, no confronto de mais peso da rodada. Atalanta, RB Leipzig, Bordeaux, Copenhague, Partizan Belgrado, Olympiacos, Besiktas, Basel, Rosenborg, Rangers e Sevilla venceram seus compromissos. Já a nota lamentável aconteceu na Áustria. Durante a derrota do Sturm Graz para o AEK Larnaca, logo após o segundo gol dos cipriotas, um torcedor atirou uma garrafa contra a cabeça do assistente de arbitragem. O bandeira sofreu um corte profundo e, ensanguentado, precisou ser atendido à beira do campo. O jogo ficou paralisado por 24 minutos e o quarto árbitro substituiu o assistente no restante do tempo. A imbecilidade deve render uma punição pesada aos austríacos.


Os comentários estão desativados.