Alex Ferguson não aprovou os erros ofensivos do Manchester United na vitória por 2 a 1 sobre o Arsenal, neste sábado. O técnico reclamou os gols perdidos pelos Red Devils, apontando que o time poderia ter garantido o triunfo de maneira mais folgada. A equipe finalizou 13 vezes em Old Trafford, desperdiçando um pênalti com Wayne Rooney e tendo dois gols corretamente anulados pela arbitragem.

“Eu não conseguia acreditar nas chances que perdemos. Nós deveríamos ter decidido a partida bem antes. Se você olhar para o placar de 2 a 1, pode pensar que foi um jogo parelho, o que não aconteceu. Penso que faltou urgência em nosso jogo, longe do casual”, afirmou.

Ferguson também avaliou que, pela falta de emoções, foi um jogo atípico entre seu time e o de Arsène Wenger: “Foi uma partida pouco comum entre United e Arsenal. Sei que tivemos muitos cartões, mas não chegou nem perto dos últimos encontros das duas equipes”.

Por fim, Ferguson elogiou a entrada de Anderson na partida: “Tirei Cleverley porque pensei que pudesse ser expulso. Achei que Wilshere foi avisado pela terceira falta em Van Persie e vi que o árbitro fez o mesmo com Tom. Coloquei Anderson e ele realmente mudou o jogo para nós”.