O técnico do Manchester United, Alex Ferguson, foi suspenso por quatro partidas, sendo duas em condicional, e multado em € 22,1 mil por criticar a forma física de um árbitro da Premier League.

Após o empate por 2 a 2 com o Sunderland, dia 3 de outubro, Ferguson afirmou que o árbitro Alan Wiley não estava em condições físicas para apitar a partida. Ele se desculpou posteriormente, mas não escapou da pena da federação inglesa (FA).

O escocês não poderá dirigir os Red Devils nas próximas duas partidas, e terá de cumprir as outras duas caso cometa violação semelhante até o final da temporada 2010/11.