O técnico Roy Hodgson viveu um dilema nesta quinta-feira, na convocação para os jogos da Inglaterra nas eliminatórias. Sem John Terry, que se aposentou por desavenças com a Football Association (FA), o técnico esnobou Rio Ferdinand e convocou o polêmico Ryan Shawcross, que já foi cotado para defender Gales.

Ferdinand ficou fora da Eurocopa de 2012 e, segundo Hodgson, o motivo foi “futebolístico”. Com isso, o técnico evitou um conflito entre Ferdinand e Terry, já que o jogador do Chelsea foi processado por racismo contra Anton Ferdinand, irmão de Rio. Mas com a aposentadoria de Terry, especulou-se que o  zagueiro, de 33 anos, poderia voltar ao English Team. Não foi o que aconteceu.

Hodgson convocou quatro zagueiros, sendo que três mantiveram seus lugares: Joleon LEscott, Gary Cahill e Phil Jagielka. Shawcross não tinha defendido a Inglaterra em nível principal, apenas no time sub-21. O jogador é criticado por ser violento – ele causou uma lesão grave em Aaron Ramsey com uma entrada que quebrou a perna do meia. Aos 25 anos, Shawcross terá sua primeira chance no time principal. Em março de 2010, o jogador foi convocado para um amistoso com o Egito, mas não entrou em campo.

Shawcross foi a principal novidade, mas quem também apareceu na lista depois de ficar ausente dos dois primeiros jogos da Inglaterra nas eliminatórias por lesão foi o atacante Wayne Rooney. Ryan Bertrand ficou fora por lesão e foi chamado Kieram Gibbs, do Arsenal. Aaron Lennon, do Tottenham, foi outro a aparecer novamente entre os chamados. O meia não joga pela Inglaterra desde a Copa do Mundo de 2010.

Depois de vencer Moldova fora de casa e empatar com a Ucrânia em Wembley, a Inglaterra terá pela frente San Marino no estádio de Wembley, em Londres, no dia 12 de outubro. No dia 16, o adversário é a Polônia, fora de casa.

Confira a lista de convocados do técnico Roy Hodgson:

Goleiros: Fraser Forster (Celtic-ESC), Joe Hart (Manchester City), John Ruddy (Norwich);

Defensores: Leighton Baines (Everton), Gary Cahill (Chelsea), Ashley Cole (Chelsea), Kieran Gibbs (Arsenal), Phil Jagielka (Everton), Glen Johnson (Liverpool), Joleon Lescott (Manchester City), Ryan Shawcross (Stoke), Kyle Walker (Tottenham);

Meio-campistas: Michael Carrick (Manchester United), Tom Cleverley (Manchester United), Steven Gerrard (Liverpool), Adam Johnson (Sunderland), Frank Lampard (Chelsea), Aaron Lennon (Tottenham), James Milner (Manchester City), Alex Oxlade-Chamberlain (Arsenal), Theo Walcott (Arsenal);

Atacantes: Andy Carroll (Liverpool), Jermain Defoe (Tottenham), Wayne Rooney (Manchester United), Danny Welbeck (Manchester United).