Não restam dúvidas de que Rio Ferdinand é um ídolo exemplar. E isso dentro e fora dos gramados. O ex-zagueiro do Manchester United e da seleção inglesa já mostrou, por meio de várias atitudes inspiradoras, que é uma pessoa de coração imenso e que vê o futebol sob uma ótica que não se resume apenas ao jogo. Tanto é que ele sempre usa seu status e sua fortuna para tocar na parte social que o esporte pode e deve ter. Desta vez, porém, o ex-jogador resolveu mostrar que pode sustentar o lado psicológico do futebol ao fazer um discurso de incentivo para a garotada do United após terem tomado 9 a 0 do Manchester City.

VEJA TAMBÉM: Papai Noel: Ferdinand doa R$ 2 milhões em brinquedos para crianças carentes

Mesmo tendo sido capitão em partidas pontuais enquanto jogador, Ferdinand se mostrou um líder nato quando ao visitar clube em que passou a maior parte de sua carreira, aproveitou para falar com os jovens jogadores das categorias de base. A visita foi, em partes, gravada pelo próprio ex-zagueiro para ser publicada em seu canal do YouTube, o ‘Rio Vlog’. O intuito da ida ao Old Trafford era apenas gravar uma propaganda para o Deezer junto com Paul Pogba, Jesse Lingard, Ashley Young e outros. No entanto, a visitação acabou com Rio mostrando pode não estar mais no United no dia a dia, mas está por dentro do que acontece com todas as equipes do clube.

“Vocês foram derrotados pelo City no outro dia, não foram? Qual foi o placar? De nove? Eu me lembro de ter sido derrotado por eles por 6 a 1 em Old Trafford”, relembrou o ex-jogador. “Vocês têm que encontrar algo dentro de vocês. Têm que estufar o peito e ter certeza que na próxima vez que jogarem contra eles, vocês vão saber lidar com eles. Vocês têm que entender que este escudo ‘Man United’ não é uma brincadeira. Quando vocês ganham, curtam a vitória. Mas quando vocês perdem, é aí que vocês aprendem na idade que vocês têm. Vocês têm que aprender nela!”, exclamou.

“Eu aposto que vocês vieram aqui hoje pensando sobre o jogo. Algum de vocês não pensou? Pois todos vocês deveriam. Se vocês não estão envergonhados, não estão chateados, não estão magoados, então não deveriam estar em um clube de futebol, porque isso não significa o bastante para vocês”, disse, com firmeza. “Porque quando eu era jogador, eu costumava, por dentro, me matar de vergonha ou de orgulho. A derrota deveria doer. É bom quando dói! Mas o que vocês fazem depois dela? Vocês têm que reagir! E treinar pesado”, aconselhou Ferdinand, terminando seu discurso que com certeza foi e será importantíssimo na formação desses jovens atletas.

A fala começa a ser dita no minuto 3:24 do vídeo abaixo: