EuropaFutebol feminino

[Vídeo] Ela foi afastar a bola e acabou fazendo o gol contra mais evitável dos últimos tempos

Gols contra são normalmente cenas desconcertantes de se ver. Exceto quando é muito engraçado e peculiar, a reação quase inevitável que temos é de nos colocarmos no lugar do atleta que pagou o mico e sentir aquela vergonha alheia, o desejo de se esconder, como se o lance fosse com a gente. Helen Eke, do time feminino do Hammarby, da Suécia, protagonizou uma dessas cenas na derrota de seu time por 3 a 1 para o Örebro, pelo Campeonato Sueco feminino.

VEJA TAMBÉM: Este goleiro argentino dominou a arte do gol contra com esse lance pitoresco

Depois de um recuo de bola bem ingrato, a goleira do Hammarby tentou afastar a bola com um chutão e foi bloqueada pela atacante do Örebro, bastante atenta à jogada. Na sequência, a bola ficou para Eke, que, com certa liberdade até para dominar e pensar melhor no que fazer, tentou também isolar a bola. O problema foi a falta de precisão no ponto que ela queria acertar. O chute, que deveria ir para a lateral, acabou nas próprias redes.

O pior de tudo é que o gol contra veio logo aos quatro minutos e abriu o placar da derrota para o Örebro. A incredulidade de Helen Eke logo após o lance resume tudo.

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo