Champions LeagueEuropa

Viaje neste mapa interativo e conheça todos os estádios que já receberam a final da Champions

* Por Emmanuel do Valle, jornalista e dono do blog Flamengo Alternativo

A Liga dos Campeões chega a sua 60ª final neste sábado, quando Barcelona e Juventus se enfrentarão no Estádio Olímpico de Berlim. Palco inédito para a competição que já percorreu vários dos mais lendários estádios do futebol europeu, decidida em campo neutro desde sempre. O mapa abaixo traz todos os locais destas 60 decisões – do Parque dos Príncipes, em Paris, onde Di Stéfano comandou o Real Madrid na primeira de suas dez conquistas da taça, em 1956, ao Olímpico de Berlim.

JOGUE: Pegue sua prancheta, assuma seu time e tente conquistar a Champions League

Felizmente, todos os palcos históricos do torneio ainda existem, no mesmo local. Alguns, no entanto, não são mais os mesmos, já que passaram por demolição e reconstrução completas. É o caso de Wembley, estádio que mais sediou finais: nada menos que sete, sendo cinco antes da reconstrução e outras duas depois. Ironicamente, o Real Madrid, time que mais disputou finais e venceu Ligas dos Campeões, nunca decidiu um título do torneio no imponente palco britânico. O último título merengue, no ano passado, veio no recém-reconstruído Estádio da Luz, de Lisboa, que, embora já fosse um dos maiores da Europa antes das reformas, nunca havia recebido uma decisão da Champions.

Observando o mapa, um dado geográfico (ou geopolítico) chama a atenção: a concentração no lado ocidental (ou antigo lado “capitalista”) do continente. Apenas em uma oportunidade antes dos anos 2000 a decisão foi disputada num país socialista, e ainda assim na ex-Iugoslávia, que manteve uma política de não-alinhamento à URSS durante a Guerra Fria. Foi em 1973, quando o Ajax de Johan Cruyff derrotou a Juventus no “Marakana” do Estrela Vermelha e completou o tricampeonato, que o colocou definitivamente na galeria dos grandes europeus.

Também é curioso notar que das oito finais disputadas em solo italiano, quatro foram para os pênaltis (assim como a única final entre italianos, Milan x Juventus em Old Trafford, 2003). Que Real Madrid e Inter de Milão venceram uma final cada jogando em seu próprio estádio, enquanto Bayern de Munique e Roma perderam dramaticamente as chances que tiveram de comemorar em casa. E que apenas quatro estádios viram um mesmo time dar a volta olímpica duas vezes: Hampden Park e Heysel assistiram a dois títulos do Real Madrid, cada um; o Olímpico de Roma presenciou duas conquistas do Liverpool; o Estádio Olímpico de Atenas, com dois triunfos do Milan; e Wembley testemunhou duas vitórias do Barcelona – além de duas derrotas do Benfica.

Para descobrir mais curiosidades, viaje pelo mapa:

Mostrar mais

Emmanuel do Valle

Além de colaborações periódicas, quinzenalmente o jornalista Emmanuel do Valle publica na Trivela a coluna ‘Azarões Eternos’, rememorando times fora dos holofotes que protagonizaram campanhas históricas.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo