Liga Europa

Numa chuva de gols, o Young Boys abriu 3×0 e permitiu o empate do Leverkusen, mas ainda conseguiu o suado 4×3 no final

Os 16-avos de final da Liga Europa começaram com uma chuva de gols. E nenhuma partida foi mais emocionante que os 4 a 3 do Young Boys sobre o Bayer Leverkusen em Berna. O duelo no Estádio Wankdorf guardaria dois tempos bastante distintos, mas os aurinegros ainda saíram com triunfo. Durante a primeira etapa, o Young Boys deu um vareio e abriu três gols de vantagem. A tranquilidade foi para o ralo na volta do intervalo, com o empate do Leverkusen em menos de 25 minutos. Porém, um gol aos 44 do segundo tempo permitiu a comemoração dos suíços.

Líder com sobras no Campeonato Suíço, o Young Boys atropelou o Leverkusen durante o primeiro tempo. O gol inaugural saiu aos três minutos, num escanteio cobrado por Michel Aebischer que Christian Fassnacht definiu. Aos 19, mais um escanteio de Aebischer permitiu que Jordan Siebatcheu ampliasse. E, aos 44, ainda viria o terceiro. Aleksandar Dragovic vacilou e Meschack Elia concluiu o contra-ataque para as redes.

O Leverkusen voltou com outra atitude para o segundo tempo e, em sete minutos, havia encostado no placar. Patrik Schick foi determinante à reação, com os dois gols. Primeiro completou o cruzamento de Jeremie Frimpong, antes de ampliar num rebote do goleiro David von Ballmoos. E a igualdade já estava no marcador aos 23. Florian Wirtz descolou um lançamento primoroso, encontrando Moussa Diaby nas costas da zaga. O ponta, que acabara de sair do banco, deu um leve toque sobre o goleiro para marcar.

Entretanto, o Young Boys ainda teve forças para reagir no final. Os aurinegros pressionaram e conseguiram a vitória aos 44. Gianluca Gaudino chutou de fora da área e o goleiro Niklas Lomb espalmou contra a própria trave. O rebote ficou limpo para Siebatcheu, que precisou apenas emendar à meta vazia. A vantagem é bem pior do que a construída no primeiro tempo, mas ainda permite que os suíços joguem pelo empate na BayArena.

O primeiro horário dos 16-avos de final da Liga Europa nesta quinta teve outros placares cheios. O Dinamo Zagreb venceu o Krasnodar na Rússia, por 3 a 2. Bruno Petkovic foi o destaque dos croatas, com dois gols, permitindo que os visitantes retomassem a dianteira sempre que os russos empatavam. Já o Olympiacos derrotou o PSV por 4 a 2 em Pireu. Youssef El Arabi anotou o mais bonito, com um lindo drible no goleiro antes de definir.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo