Europa

Hagi recusa Steaua Bucareste contra Dumitrescu

O Steaua Bucareste convidou Gheorge Hagi para assumir o comando do time, mas recebeu um não como resposta do antigo ídolo. No domingo, Victor Piturca pediu demissão do cargo.

“Treinar o Steaua é um desafio para qualquer um e eu gostaria de voltar lá um dia. Minha resposta agora foi firme: não vou”, disse Hagi, que comandou o clube romeno, onde jogou entre 1987 e 90, em 2007.

A equipe é presidida por Gigi Becali, um polêmico dirigente, que costuma interferir no trabalho dos treinadores. “Não podia continuar, tive momentos muito difíceis. Toda vez que perdíamos a culpa era minha, e quando ganhávamos era graças a ele (Becali)”, completou Hagi, criticando o presidente do Steaua.

Piturca, para não ser diferente, também deixou o clube criticando o dirigente. Em sete anos sob o comando de Becali, o Steaua já teve 11 treinadores.

Dumitrescu assume o cargo

Com a recusa de Hagi, Becali chamou outro ex-jogador da seleção romena, Ilie Dumitrescu, para assumir o cargo.

“Ele [Dumitrescu] não será meu empregado. Ele não quer o dinheiro do clube. Ele me disse simplesmente 'eu estou chegando, mas o dinheiro não me interessa. Quero apenas respeito'”, declarou o dirigente.

O técnico receberá apenbas um “pagamento simbólico” de € 0,23 para aceitar o cargo no clube.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo