Europa

Guia do Campeonato Grego

Com a coluna desta semana, encerramos a série de apresentações dos campeonatos nacionais turco e grego. E a segunda parte do Guia da Super League chega com os três times que mais se destacaram na última temporada. O Panathinaikos, do novato treinador Nikos Nioplias, cresceu e venceu a competição. Mais do que nunca, a política de contratações do endinheirado presidente Nikos Pateras vem dando certo e o Trifylli parece pronto para iniciar uma nova dinastia no país.

Por outro lado, o Olympiacos é quem deixa a sua fase hegemônica. E mesmo com o seu presidente, Sokratis Kokkalis, tentando salvar a pátria com jogadores de renome, os Thrylos já estão fora dos torneios continentais. Já o PAOK, que ainda representa o país na Liga Europa apesar da eliminação na Champions, tenta sobreviver ao baque de perder o técnico Fernando Santos para a seleção nacional. Ao menos a chegada de Salpingidis para reforçar o ataque consola a desalentada torcida alvinegra.

Quanto aos outros, atenção especial no Panionios, que trouxe algumas figurinhas conhecidas para a Super League. O Larissa é mais um que vem bem. Balanceado com muitas dispensas e contratações cirúrgicas, o clube só deverá se preocupar para que o elenco reduzido não prejudique uma eventual briga por vaga nos playoffs. Grupos enxutos, aliás, devem também ser a preocupação do Panserraikos. Só que este, porém, pode lutar para não cair, como o Skoda Xanthi, que comprou e vendeu em atacado. Por fim, o campeão da Beta Ethniki, Olympiakos Volou, sobe motivado, mas sem muitos de seus jogadores no triunfo. Terá que saber como se reconstruir para não sucumbir.

Legenda:
Jogador (Posição, país, clube)
Transferência definitiva
[Transferência definitiva após empréstimo] Empréstimo
[Retorno de empréstimo]

Larissa

Nome do clube: PAE Athlitiki Enosi Larissas
Estádio: Alkazar (13.108 lugares), em Larissa
Site oficial: www.ael1964.gr
Principal jogador: Tümer Metin
Quem chegou: Efstathios Tavlaridis (D, GRE, Saint-Étienne), Georgios Ambaris (G, GRE, Asteras Tripolis), Fabián Canobbio (M, URU, Valladolid), Ibrahim Tall (D, SEN, Nantes), Stephen Ayodele Makinwa (A, NIG, Lazio)
Quem saiu: Ilias Kyriakidis (M, GRE, sem clube), Flávio (D, BRA, sem clube), Alexander Radosavljevic (M, ESL, sem clube), Konstantinos Banousis (A, GRE, sem clube), Michalis Boukouvalas (D, GRE, sem clube), Dino Seremet (G, ESL, sem clube), Delson (M, BRA, Olhanense), Dimitrios Ballis (D, GRE, sem clube), Arkadiusz Malarz (G, POL, sem clube), Rudolf Skacel (M, CHE, sem clube), Theodoros Tripotseris (D, GRE, sem clube), Salim Tuama (M, ISR, sem clube), Georgios Lytras (A, GRE, sem clube), Nikolaos Vlasopoulos (M, GRE, Kallithea GS), Naïm Aarab (D, BEL, RSC Charleroi), Christos Melissis (D, GRE, Panathinaikos), Ricardo Jesus (A, BRA, CSKA Moscou)
Técnico:
Giannis Papakostas
Colocação em 2009/10:
Objetivo na temporada: ligas europeias

De campanhas convincentes nos últimos anos, o Larissa vem com um elenco bastante modificado para a temporada 2010/11. Os dirigentes resolveram fazer uma limpeza no grupo de jogadores e, após 12 dispensas, o clube está bem mais enxuto, com apenas 20 atletas no elenco. Obviamente, nenhum titular absoluto foi incluído na lista, mas os Vyssini se deram ao luxo de colocar na rua alguns jogadores que poderiam render um bom dinheiro aos cofres, como Alexander Radosavljevic, que defendeu a seleção eslovena na última Copa do Mundo. No mais, a única perda considerável em termos esportivos foi a do zagueiro Melissis, que retorna de empréstimo. As contratações, por sua vez, apesar de não tão numerosas, mostram-se necessárias, como as chegadas de Cannobio e Makinwa, que agregam experiência. Dos que já estavam, a confiança para alcançar um lugar nos playoffs fica no goleiro Viera e nos meias Tümer Metin e Romeu, ex-Fluminense. Quem também pode pintar bem são os promissores Jan Blazek, atacante de 22 anos, e Savvas Siatravanis, meia de 17 anos.

Olympiacos

Nome do clube: Olympiacos Fan Club of Piraeus
Estádio: Karaiskakis (33.332 lugares), em Pireu
Site oficial: www.olympiakos.gr
Principal jogador: Antonios Nikopolidis
Quem chegou: Ariel Ibagaza (M, ARG, Villarreal), Dennis Rommedahl (A, DIN, Ajax Amsterdam), François Modesto (D, FRA, Monaco), José Holebas (D, ALE, 1860 München), Albert Riera (M, ESP, Liverpool), Balázs Megyeri (G, HUN, Ferencváros), Kevin Mirallas (A, BEL, Saint-Étienne), Georgios Katsikogiannis (M, GRE, OFI Kreta)
Quem saiu: Michal Zewlakow (D, POL, Ankaragücü), Ieroklis Stoltidis (M, GRE, Kerkyra), Lomana Trésor LuaLua (A, CON, Omonia Nikosia), Leonidas Panagopoulos (G, GRE, Panionios Athen), Anastasios Pantos (D, GRE, PAS Giannina), Pavel Kovac (G, SVK, sem clube), Didier Domi (D, FRA, sem clube), Cristian Raúl Ledesma (M, AGR, Colón), Kyriakos Papadopoulos (D, GRE, Schalke 04), Luciano Galletti (M, ARG, aposentado), Denis Epstein (M, ALE, Kerkyra), Matt Derbyshire (A, ING, Birmingham City), Leonardo (D, BRA, Internacional)
Técnico: Ernesto Valverde
Colocação em 2009/10:
Objetivo na temporada: título

A temporada nem começou, mas o clima de crise já está pesado em Pireu. Se no último campeonato os Thrylos tinham feito “história” ao ficarem de fora da Liga dos Campeões pela primeira vez em treze anos, as perspectivas parecem ainda mais nebulosas neste verão, já que o time caiu ainda nas etapas preliminares da Liga Europa. E, apesar da crise financeira que assolou a Grécia recentemente, o problema não é a falta de dinheiro. O magnata Sokratis Kokkalis, presidente do clube, não economizou na hora de contratar e trouxe nomes badalados, como os de Albert Riera, Ariel Ibagaza, Dennis Rommendahl e Kevin Mirallas. Agora, fora de qualquer competição continental, estes jogadores devem se dedicar ao máximo aos torneios nacionais para salvar a pele do técnico Ernesto Valverde, quarto a chegar ao banco de reservas em menos de um ano e já pressionado no cargo. Cogitando seguir a iniciativa de Luciano Galetti e encerrar a carreira no fim da temporada passada, o capitão Nikopolidis, criticado por falhas recentes, continua, bem como os bons Mellberg, Torosidis, Maresca e Mitroglou.

Olympiakos Volou

Nome do clube: PAE Olympiakos Volou F.C
Estádio: Panthessaliko (23.700 lugares), em Volos
Site oficial: www.paeolympiakosvoloufc.gr
Principal jogador: Ilias Solakis
Quem chegou: José Manuel Roca Cases (G, ESP, Panthrakikos Komotini), Paolo Daniel Frangipane (M, AGR, Club Atlético Aldosivi), Xavier Tomas (D, FRA, FC Tours), Facundo Pérez Castro (M, ARG, Arsenal de Sarandí), Konstantinos Skaros (M, GRE, Egaleo Athen), Khalifa Papa Sankaré (D, SEN, RAEC Mons), Zoltán Szélesi (D, HUN, Debrecen), Efsthatios Rokas (M, GRE, Asteras Tripolis), Eldin Jakupovic (G, SUI, Lokomotiv Moscou), Enea Koliqi (G, ALB, Iraklis Thessaloniki), Eldin Jakupovic (G, SUI, Vereinslos), Antonios Rikka (M, GRE, AEK Athen), Aristidis Michalis (A, GRE, Ethnikos Filippiadas)
Quem saiu: Domagoj Abramovic (A, CRO, OFI Kreta), Fotis Kipouros (G, GRE, PAS Giannina), Kydon Karlopoulos (M, GRE, Doxa Drama FC), Konstantinos Foufoulas (M, GRE, Ilioupoli GS), Erol Bulut (D, TUR, sem clube), Dimitrios Arvanitis (D, GRE, Ionikos Nikea), Vasilios Liolios (D, GRE, Pontii Katerini), Enea Koliqi (G, ALB, Iraklis Thessaloniki), Efthimios Kotitsas (D, GRE, Skoda Xanthi), Dimitrios Sialmas (A GRE, PAS Giannina), Rogerio Gonçalves Martins (M, BRA, Asteras Tripolis), Panagiotis Korbos (D, GRE, Atromitos Athen)
Técnico: Sakis Tsiolis
Colocação em 2009/10: 1º na segunda divisão
Objetivo na temporada: fugir do rebaixamento

O Olympiakos Volou – que nada tem a ver com o Olympiacos além do nome parecido – ganhou com folgas a Beta Ethniki, a segunda divisão grega. Saíram, no entanto, peças importantes na composição do time campeão. A defesa foi praticamente desmantelada, sem o goleiro Kipouros e o zagueiro Arvanitis. E o ataque perdeu duas de suas duas principais referências, o croata Damagoj Abramovic e o meia brasileiro Rogério, vice-artilheiro da Beta Ethniki com 18 gols. Na ausência de ambos, o centroavante Ilias Solakis, que chegou apenas na metade do campeonato e marcou 14 gols em 19 partidas, deverá ser o principal destinatário das assistências dadas pelo argentino Javier Horacio Umbides. Além dele, outro hermano que terá tarefa árdua é Leandro Alvarez, responsável por liderar a linha de zaga. Ao seu lado, o novo companheiro de maior destaque é Zoltán Szélesi, selecionável húngaro, enquanto que Facundo Pérez Castro é mais um argentino a compor o meio-campo. O setor que mais necessitava de reforços, o ataque, porém, não recebeu ninguém. Seja Cases, Kaliqi ou Jakupovic o novo goleiro titular do time, este terá trabalho para fazer com que o time tenha uma temporada tão tranquila como a que passou.

Panathinaikos

Nome do clube: P.A.E. Panathinaikos
Estádio: Spiros Louis – Estádio Olímpico de Atenas (71.030 lugares), em Atenas
Site oficial: www.pao.gr
Principal jogador: Djibril Cissé
Quem chegou: Sidney Govou (A, FRA, Olympique Lyon), Georgios Ioannidis (D, GRE, Iraklis Thessaloniki), Jean-Alain Boumsong (D, FRA, Olympique Lyon), Daniel Fernandes (G, POR, vfL Bochum), Nikolaos Boutzikos (D, GRE, Kerkyra), Christos Melissis ( D, GRE, Larissa), Evangelos Mantzios (A, GRE, Anorthosis Famagusta), Sotirios Leontiou (M, GRE, AO Kavala), Nikolaos Pantidos (D, GRE, Egaleo), lini Dimoutsos (M, GRE, Panetolikos GFS)
Quem saiu: Dimitrios Salpingidis (A, GRE, PAOK), Filippos Darlas (D, GRE, Stade Brest 29), Nasief Morris (D, AFS, Apollon Limassol), Ante Rukavina (A, CRO, Dinamo Zagreb)
Técnico: Nikos Nioplias
Colocação em 2009/10:
Objetivo na temporada: título

O que parecia bom melhora ainda mais para esta temporada. O Panathinaikos hoje possui o melhor elenco do futebol grego, candidato sério ao bicampeonato nacional e a uma campanha notável na Liga dos Campeões. Assim como aconteceu nos dois últimos anos, o empresário do ramo de navegação Nikos Pateras, que preside o PAO, trouxe estrelas do futebol internacional para Atenas. Quem chega desta vez já vestindo a camisa 10 é Sidney Govou. O atacante, alías, vem entrosado com o companheiro de seleção francesa Djibril Cissé, astro-mor do Trifylli ao sobrar na artilharia da última Super League. Outro que desembarca para ser titular é Boumsong, mais um a compor a legião de Bleus no time. Autor do primeiro gol grego em Copas do Mundo, Salpingidis é desfalque certo e vai para o PAOK, com transferência acertada antes mesmo do Mundial. Outros que voltam da África do Sul, no entanto, continuam a compor o eixo motor da equipe, como o goleiro Tzorvas e os meias Ninis, Karagounis, Katrsouranis e Gilberto Silva. Desde o fim de 2009 no PAO, em seu primeiro trabalho em um clube, o técnico Nikos Nioplias tem a chance de elevar ainda mais a moral de sua curta – e já vitoriosa – carreira como treinador.

Panionios

Nome do clube: PAE Panionios Gymnastikos Syllogos Smyrnis
Estádio: Panionios (11.700 lugares), em Nea Smyrni
Site oficial: www.panionios.gr
Principal jogador: Bosko Balaban
Quem chegou: Jürgen Macho (G, AUT, LASK Linz), Vasil Shkurtaj (A, ALB, Napoli), Franck Queudrue (D, FRA, Birmingham City), Leonidas Panagopoulos (G, GRE, Olympiacos), Ricardo Vaz Té (A, BOL, Bolton Wanderers), Isaac Pupo (A, LIB, FK Mugan), Jahmir Hyka (M, ALB, 1.FSV Mainz 05), Patrick Phungwayo (D, AFS, BIDVest Wits University FC), Jules Cesar Oulai (M, RUA, Egaleo Athen), Andreas Iraklis (D, GRE, Kallithea GS), Dimitrios Kiliaras (M, GRE, Diethnis Enosis Ergotelis)
Quem saiu:
Manolis Skoufalis (M, GRE, PAS Giannina), Konstantinos Andriolas (G, GRE, Panthrakikos Komotini), Marios Nikolaou (M, CHP, AEL Limassol), Andreas Iraklis (D, GRE, Kallithea GS), Charalambos Tabasis (G, GRE, Diagoras Rodos), Giannis Simosis (A, GRE, Panthrakikos Komotini), Georgios Tzavellas (D, GR, Eintracht Frankfurt), Mehmet Hetemaj (M, FIN, AlbinoLeffe), Fabián Estoyanoff (M, URU, Peñarol), Wellington (D, BRA, Espanyol), Isaac Becerra (G, ESP, Espanyol B)
Técnico: Mikael Stahre
Colocação em 2009/10:
Objetivo na temporada: ligas europeias

Famoso frequentador da parte de cima da tabela da Super League, o Panionios vem para superar o desempenho mediano do último ano. Para tanto, os dirigentes do clube souberam aproveitar bem a janela de transferências. Com a venda do lateral Tzavellas para o futebol alemão e o empréstimo de Estoyanoff, os Kyanerythri lucraram 1,6 milhões de euros, enquanto trouxeram a maioria de seus reforços de graça. Exemplos dessa política, o goleiro Macho, o zagueiro Queudrue e o atacante Vaz Té são os reforços mais rodados que aportam nos Istorikos. Além desses, vários garotos também chegaram, como os albaneses Shkurtaj e Hyka, o que faz do Panionios o segundo time com menor média de idade da Super League. Um destes “meninos”, o zagueiro Giannis Maniatis capitaneia a equipe com apenas 23 anos. Ao seu lado, outros jovens que se sobressaem são o zagueiro Latka, o meia Kumordzi e o atacante Sito Riera. Contudo, quem realmente decide as partidas é um veterano, o croata Bosko Balaban, de 31 anos. No banco de reservas, Mikael Stahre, campeão sueco como técnico do AIK com apenas 34 anos de idade, chega com a missão de levar o time à Liga Europa.

Panserraikos

Nome do clube: FC Panserraikos
Estádio: Serres Municipal (9.500 lugares), em Serres
Site oficial: www.panserraikos.eu
Principal jogador: Leozinho
Quem chegou: Athanasios Panteliadis (M, GRE, Pierikos Katerini), Velimir Radman (G, CRO, HNK Rijeka), Youl Mawéné (D, FRA, Preston North End), Pablo Amo (D, ESP, Zaragoza), Jan Novota (G, SVk, DAC Dunajska Streda), Nikola Beljic (M, SER, OFK Belgrad), Bojan Vrucina (A, CRO, Hapoel Tel Aviv), Mohammed Abubakari (M, GAN, PAOK Thessaloniki), Anastasios Bantotakis (G, GRE, AP Lesvos)
Quem saiu: Valdas Trakys (A, LIT, sem clube), Christos Routsis (M, GRE, Doxa Drama FC), Anastasios Pagonis (D, GRE, sem clube), Nikolaos Zapropoulos (D, GRE, Levadiakos FC), Georgios Valsamakis (G, GRE, sem clube), Cyril Kali (D, FRA, sem clube), Angel Guillermo Bochy Hoyos (A, ARG, sem clube), Lucas Scaglia (M, ARG, AO Trikala), Sotirios Konstantinidis (A, ARG, sem clube), Dimitrios Kottaras (G, GRE, Ethnikos Asteras), Bark Seghiri (D, ALG, sem clube), Anastasios Bantotakis (G, GRE, sem clube), Giannis Fysekis (G, GRE, Ethnikos Alexandroupolis), Giannis Zapropoulos (D, GRE, Ionikos Nikea), Sambégou Bangoura (A, GUI), Dimitrios Kyriakidis (G, GRE, PAOK), Evangelos Georgiou (M, GRE, PAOK), Stefanos Athanasiadis (A, GRE, PAOK), Alexandros Michail (D, GRE, PAS Giannina)
Técnico: Dragan Kokotovic
Colocação em 2009/10: 5º na Beta Ethniki
Objetivo na temporada:
fugir do rebaixamento

Apesar de o tradicional OFI Creta ter ampla vantagem na terceira posição da Beta Ethniki 2009/10, nove pontos à frente do quarto colocado, quem conquistou a última vaga do acesso à Super League foi o Panserraikos, quinto ao término da temporada regular. O clube da cidade de Serres se superou nos playoffs e, sofrendo apenas uma derrota, garantiu o lugar na elite. A fragilidade do elenco, entretanto, coloca desde já um ponto de interrogação na campanha dos Leões. Nada menos que dezenove jogadores saíram durante o verão, dentre eles o goleiro Kottaras, o meia Lucas Scaglia e os atacantes Athanasidis e Bangoura, importantes na campanha na segundona. Com um elenco reduzido, tendo em mãos apenas 21 jogadores, o técnico Dragan Kokotovic terá que se desdobrar para permanecer na elite. Dos que ficaram, os principais nomes são o dos meias Leozinho, cria da base do Vasco, e Galanopoulos. Ao menos alguns dos contratados, como o atacante Vrucina, os meias Beljic e Abubakari e os defensores Mawéné e Amo melhoram as perspectivas, tão negras até o momento.

PAOK

Nome do clube: PAE Panthessaloníkeios Athlitikós Ómilos Konstantinoupolitón
Estádio: Toumba (28.703 lugares), em Tessalônica
Site oficial: www.paokfc.gr
Principal jogador: Dimitrios Salpingidis
Quem chegou: Dimitrios Salpingidis (A, GRE, Panathinaikos), Anis Boussaidi (D, TUN, Red Bull Juniors Salzburg), Zuela (D, ANG, Kuban Krasnodar), Evangelos Georgiou (M, GRE, Panserraikos Serres), Stefanos Athanasiadis (A, GRE, Panserraikos Serres), Dimitrios Kyriakidis (G, GRE, Panserraikos Serres), Stylianos Delibasis (D, GRE, FS Kozani), Sotirios Balafas (M, GRE, Diethnis Enosis Ergotelis)
Quem saiu: Nikolaos Arabatzis (D, GRE, Iraklis Thessaloniki), Ricardo Verón (M, ARG, OFI Kreta), Stylianos Delibasis (D, GRE, Ionikos Nikea), Mohammed Abubakari (M, GAN, Panserraikos Serres), Grigorios Efthimiadis (M, GRE, Anagennisi Giannitsa), Edinho (A, POR, Málaga)
Técnico: Pavlos Dermitzakis
Colocação em 2009/10:
Objetivo na temporada:
ligas europeias

A última campanha na Super League serviu para reafirmar a tradição do PAOK dentro do futebol grego. Em baixa há algumas temporadas, o clube apresentou crescimento paulatino desde 2007, após Theodoros Zagorakis e Fernando Santos, respectivamente, assumirem presidência e comando técnico do clube. E o cume de tal recuperação aconteceu no último playoff, quando os alvinegros conquistaram sem dificuldades a segunda vaga na Liga dos Campeões. O sucesso, entretanto, parece ter resultado em parte das incertezas que rondam o time nas últimas semanas. Bem cotado, o português foi convidado para assumir a seleção grega após a Copa do Mundo. Mas o italiano Mario Beretta, seu substituto, teve maus resultados na pré-temporada e não durou um mês no cargo. Agora, quem tenta retomar os eixos é Pavlos Dermitzakis, que, sem estabilidade, não classificou a equipe na Liga dos Campeões, eliminada após dois empates contra o Ajax. Pelo menos o time não sofreu prejuízos durante a janela de transferências e ainda tem chances na Liga Europa. Ídolos locais permanecem, como Konstantinos Chalkias, Vladimir Ivic, Zlatan Muslimovic e Stelios Malezas. O salvador da pátria, todavia, será mesmo o atacante Dimitrios Salpingidis, prata-da-casa que volta para a sua quarta passagem em Tessalônica.

Skoda Xanthi

Nome do clube: PAE Skoda Xanthi AO
Estádio: Skoda Xanthi Arena (7.422 lugares), em Xanthi
Site oficial: www.skodaxanthifc.gr
Principal jogador: Diego Quintana
Quem chegou: Spyros Vrontaras (G, GRE, Panthrakikos Komotini), Jordan Stewart (D, ENG, Sheffield United), Marjan Altiparmakovski (A, MAC, FK Pelister Bitola), Olubayo Adefemi (D, NIG, US Boulogne), George Boateng (M, HOL, Hull City), Santos (D, BRA, Reggina Calcio), Pavlos Katharios (M, GRE, Agrotikos Asteras), Christopher Katongo (A, ZAM, Arminia Bielefeld), Athanassios Dinas (A, GRE, Zakynthos APS), Efthimios Kotitsas (D, GRE, Olympiakos Volos), Dimitrios Chasomeris (A, GRE, Makedonikos FC), Charalambos Provatidis (D, GRE, AO Trikala), Recep Hasanoglu (M, GRE, Makedonikos FC), Amvrosios Papadopoulos (M, GRE, Thrasyvoulos Fylis)
Quem saiu:
Odai Al Saify (A, JOR, Alki Larnaca), Dimitrios Chasomeris (A, GRE, Anagennisi Epanomis), Luciano (M, GRE, sem clube), Dorival (M, BRA, sem clube), Yakubu Alfa (A, NIG, sem clube), Stavros Tziortziopoulos (D, GRE, sem clube), Recep Hasanoglu (M, GRE, Anagennisi Giannitsa), Athanassios Dinas (A, GRE, sem clube), Florin Stanga (M, ROM, AS FCM Targu Mures), Marko Maric (M, CRO, sem clube), Amvrosios Papadopoulos (M, GRE, sem clube), Charalambos Provatidis (D, GRE, Levadiakos FC), Giannis Papadimitriou (D, GRE, aposentado), Manolis Liapakis (M, GRE, OFI Kreta), Pantelis Rizogiannis (M, GRE, AO Trikala), Rafal Grzelak (M, POL, Widzew Lodz)
Técnico: Nikolaos Kechagias
Colocação em 2009/10: 13º
Objetivo na temporada: fugir do rebaixamento

Distante do rebaixamento por um ponto na última temporada, o Skoda Xanthi pretende não passar tanto sufoco desta vez. E a ordem durante o período de contratações foi a de renovação integral do elenco. Nada menos que 16 jogadores deixaram o clube, a maioria deles encostados. O único atleta que não permanece mais e deve fazer falta é o lateral Papadimitriou, aposentado. Em contrapartida, chegam 14 novos atletas à Trácia, alguns deles com capacidade de se tornarem ídolos da torcida. O principal destes é o volante George Boateng, ex-Hull City e Middlesbrough e com carreira sólida no futebol inglês. Além dele, o zagueiro Jordan Stewart e atacante Christopher Katongo são outras duas novidades que chegam tarimbados de grandes centros do futebol europeu. Eles se juntam ao goleiro Michael Gspurning, o meio-campista Zdeno Strba e a dupla de ataque composta pelos argentinos Mauro Poy e Quintana.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo