Eurocopa

Mãe é mãe: Na estreia dos Xhaka pela Euro, Elmaze vestiu as duas camisas ao mesmo tempo

Pela primeira vez na história da Eurocopa, dois irmãos se enfrentaram com camisas que apesar de distintas, têm muito em comum. Granit, pela seleção suíça, e Taulant Xhaka, pela albanesa, se duelaram pela segunda partida do grupo A do torneio europeu, em Lens. Elmaze Xhaka, como uma boa mãe, para não decepcionar nem um, nem o outro filho, decidiu assistir ao jogo trajando os dois mantos. Só que, não, ela não vestiu uma camisa primeiro, depois a outra. Ela fez isso ao mesmo tempo, personalizando uma camisa com as bandeiras suíça e albanesa.

LEIA MAIS: Suíça levou a melhor diante da Albânia, mas a estreante não deu sossego até o apito final

Granit e Taulant são filhos de Ragip, um kosovar com ascendência albanesa, e Elmaze, uma nativa da Albânia. Bom, mas em que parte a Suíça entra na história dessa família? Em 1986, Ragip foi preso no Kosovo por estar envolvido em uma manifestação. Durante os três anos que ele foi mantido atrás das grades injustamente, Elmaze, sua esposa, nunca o abandonou. Então, assim que seu marido foi liberto, tomou, com ele, a decisão de fugir da perseguição política que predominava no território kosovar. O destino? A multicultural Suíça.

E foi lá onde os dois jogadores, que coincidentemente atuam na mesma posição – são meias – nasceram. Mas não foi o lugar que ambos decidiram carregar no peito, no escudo da camisa. Taulant, embora mais velho, só foi convocado para defender uma seleção nacional em 2014, enquanto Granit, com dois anos a menos, contando com a partida de hoje, já participou de 41 jogos pela equipe suíça desde 2011.

Hoje, o meia suíço, última contratação do Arsenal para a próxima temporada, foi superior, tecnicamente falando, do que seu irmão. Mas tudo está ainda em aberto, já que foi só o primeiro dos três desafios que cada uma das seleções tem pela frente. Aconteça o que acontecer em campo, uma coisa é certa: que o que sobra na família Xhaka é cumplicidade e amor. E não foi só a mãe de Granit e Taulant que provou isso. O irmão mais novo, por meio do Instagram, publicou, ontem, uma mensagem a Taulant que já demonstrava que o afeto, ali, é sem igual:

“Meu irmão, eu e você sempre estivemos juntos, não importa como. Amanhã, pela primeira vez, nós vamos nos encarar em campo como adversários, e eu espero que essa seja a primeira e a última vez. Nós vamos mostrar ao mundo que mesmo que sejamos oponentes por 90 minutos, nós sempre vamos permanecer juntos, como irmãos fazem. Uma partida jamais irá nos separar como amigos e como irmãos. Te desejo muita saúde e sorte para o jogo de amanhã. Você é e sempre será meu maior exemplo.”

Mostrar mais

Nathalia Perez

Jornalista em formação trabalhando a favor de um meio esportivo mais humano. Meus heróis sempre foram jogadores de futebol, mas hoje em dia são muito mais heroínas.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo