EuropaLiga Europa

É a Liga Europa, mas rolou um duelo de Ásia versus Ásia

A Liga Europa contou com uma partida curiosa nesta quinta-feira. Pela primeira vez, dois clubes asiáticos se enfrentaram pela fase de grupos de uma competição europeia: os cazaques do Shakhter Karaganda empataram com os israelenses do Maccabi Haifa. Estranhou?  Pois há uma explicação lógica para o encontro intercontinental.

Uma pequena porção a oeste do Cazaquistão é dividida pelos Montes Urais, a cadeia de montanhas que divide Europa e Ásia. Por isso, o país tem permissão para disputar competições europeias, incluindo nesse pacote o Shakhter, que se localiza na parte asiática. Já Israel, por conta dos conflitos políticos com outros países do Oriente Médio, é filiado à Uefa desde 1992, mesmo tendo seu território inteiro localizado na Ásia.

Por preliminares ou fases iniciais de competições europeias, no entanto, o duelo entre asiáticos não é inédito. Cazaques, israelenses e turcos da parte oriental já se cruzaram em outras ocasiões. Confira a lista abaixo:

2010/11 – Liga dos Campeões (preliminares) – Aktobe-CAZ x Hapoel Tel-Aviv-ISR
2009/10 – Liga dos Campeões (preliminares) – Aktobe-CAZ x Maccabi Haifa-ISR
2007/08 – Copa da Uefa – Maccabi Tel-Aviv-ISR x Erciyesspor-TUR
2003/04 – Copa da Uefa – Hapoel Tel-Aviv-ISR x Gaziantepspor-TUR
2001/02 – Copa da Uefa – Hapoel Tel-Aviv-ISR x Gaziantepspor-TUR
1996/97 – Liga dos Campeões – Fenerbahçe-TUR x Maccabi Tel-Aviv-ISR

* Foram desconsiderados os clubes de Azerbaijão, Armênia e Geórgia na conta. Embora também tenham porções de seus territórios na Ásia, os três países culturalmente são considerados europeus, até mesmo por fazerem parte do lado europeu da União Soviética até o início da década de 1990.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo