Champions League

O talento que une as histórias de Gent e Wolfsburg: Kevin De Bruyne

Independente de quem avançar às quartas de final, Gent e Wolfsburg podem alcançar um grande feito na Liga dos Campeões. O classificado do confronto, que começa nesta quarta, tem a chance de se colocar como grande surpresa entre os oito melhores do torneio continental. Os alemães colheriam o fruto de um bom trabalho, especialmente após terminarem na liderança de um grupo duro na primeira fase, por mais que não façam uma boa campanha na Bundesliga. Enquanto isso, os belgas já fazem muito pela mera presença nos mata-matas, contra todos os prognósticos e também contra todas as diferenças financeiras. E ainda lutam pelo bicampeonato nacional.

VEJA TAMBÉM: Rompendo com o previsível nas oitavas, o Gent é um exemplo gigante para os pequenos da Champions

As campanhas notáveis de Wolfsburg e Gent ajudam a ressaltar dois modelos de negócio bem-sucedidos no futebol. Por mais que sejam bancados pela Volkswagen, os Lobos não costumam exagerar nos gastos e montam times capazes de sustentar com as próprias pernas. Além disso, possuem boa visão de mercado, investindo em talentos que costumam estourar em pouco tempo. Já os Buffalos souberam se fortalecer com a construção de seu novo estádio, inaugurado em 2013. Possuem finanças bem estruturadas e um bom sistema de observação de talentos, principalmente em países da Escandinávia e do Leste Europeu. Assim, conseguiram montar a base da equipe campeã belga na última temporada, um título inédito para o clube.

Além disso, Wolfsburg e Gent compartilham um talento em comum, que diz bastante sobre o trabalho realizado em ambos os times: Kevin De Bruyne. Grande protagonista da classificação dos Lobos à Champions, com o vice-campeonato alemão, o meio-campista rendeu lucro de € 54,6 milhões, após ser trazido em baixa do Chelsea. E, bem antes disso, o jovem passou seis anos nas categorias de base do Gent. Nascido em um distrito da cidade de 250 mil habitantes, ele aprimorou a sua formação no clube entre os 8 e os 14 anos de idade. De lá, rumou para o Genk, onde estourou como uma das grandes promessas do futebol belga a partir de 2009.

Ainda que tenha saído cedo, De Bruyne permanece como uma figura importante para o futebol de Gante. E não apenas pela parcela que os Buffalos receberam como clube formador pela venda ao Manchester City. Visto como exemplo para os garotos da cidade, o meia batizará um campeonato de base municipal a partir deste ano. Uma maneira de reconhecer outros prodígios, dando a eles um ótimo parâmetro de onde podem chegar.

Nesta semana, a prefeitura Gante usou a imagem de De Bruyne para promover o duelo com o Wolfsburg. Veiculou uma propaganda nas mídias locais dando as boas-vindas aos torcedores alemães, relembrando que a cidade é o “berço de um herói dos Lobos”. Ajuda a dimensionar bastante a aura que o meia tem para o confronto, mesmo sem entrar em campo.

KAA Gent – VfL Wolfsburg (Champions League)‘Onze’ Kevin De Bruyne heeft zowel bij KAA Gent als bij VfL Wolfsburg magistrale dingen laten zien op de groene mat. Beide clubs staan woensdag tegenover elkaar in de achtste finales van de Champions League. Wij duimen alvast keihard voor de Buffalo’s! #COBW

Publicado por Stad Gent em Sexta, 12 de fevereiro de 2016

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo