Champions League

A lei do ex não perdoa: Talisca faz belo gol contra o Benfica e arranca empate no fim

“Se era o que eu desejava? Claro que não. Mas o Benfica quis assim. O que eu posso fazer?”. Essa foi a declaração de Anderson Talisca no aeroporto de Lisboa, antes de embarcar para Istambul e se apresentar ao Besiktas, clube para o qual foi por empréstimo. Depois, até entrou em contradição, segundo a imprensa portuguesa, mas parece que existiu mesmo um certo atrito na sua transferência. Quis a tabela da Champions League que Besiktas e Benfica enfrentassem-se justamente na primeira rodada. E adivinha o que Talisca fez?

LEIA MAIS: Celtic vive a disparidade europeia: goleia o rival, é massacrado pelo Barcelona

A lei do ex não perdoa. A lei do ex magoado menos ainda. Aos 45 minutos do segundo tempo do seu retorno ao Estádio da Luz, Anderson Talisca marcou um belo gol, em cobrança de falta, para deixar os torcedores Encarnados frustrados. O Benfica havia aberto o placar com Franco Cervi, aos 12 minutos do primeiro tempo, e caminhava para uma vitória na estreia, até o brasileiro empatar nos instantes finais.

Depois de uma promissora temporada de estreia em Portugal, Talisca foi muito pouco utilizado no último Campeonato Português. Foi titular apenas seis vezes e disputou mais 15 partidas como substituto. Também participou pouco da campanha que levou o Benfica às quartas de final da Champions League.

No Besiktas, tende a ter mais espaço. Começou jogando no último fim de semana, a primeira partida do clube turco desde a sua chegada, e deu assistência para um dos gols da vitória por 3 a 1 sobre o Karabükspor, antes de ser substituído, aos 11 minutos da etapa final. Nesta terça-feira, entrou no intervalo.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo