Eliminatórias da CopaEuropa

A Dinamarca evoca a história e o maior herói da nação em sua nova camisa

A Dinamarca atravessa anos de baixa em sua seleção. Coadjuvante na Copa de 2010 e na Euro 2012, a equipe nem participou das últimas competições internacionais. E com uma geração razoável, mas abaixo do que já teve no passado, os dinamarqueses resolveram apelar para a mística antes do início das Eliminatórias para o Mundial de 2018. Primeiro, enfrentaram Liechtenstein com um uniforme todo branco, como se quisesse “lavar a alma” no novo ciclo. Terminaram goleando por 5 a 0. Já nesta sexta, apresentaram a nova camisa, que representa uma das maiores lendas do país.

VEJA TAMBÉM: Olha como ficou bonita a segunda camisa da seleção italiana

Holger Danske é considerado o grande herói da Dinamarca, uma espécie de Rei Arthur deles. Sua real existência se discute, mas o personagem aparece em diversas peças da literatura local a partir do Século XI, como alguém fundamental para a constituição da identidade nacional séculos antes. Além disso, também há uma crença ao seu redor de que, no momento em que o país se encontrar em perigo, Holger Danske retornará à vida como um salvador, a partir de sua estátua localizada no castelo de Kronborg.

A figura do mito aparece estampada no centro da camisa, em relevo. Mais do que isso, o uniforme preza pelo simples, com detalhes em branco e a bandeira na manga. Beleza que entrará em campo neste domingo, quando os dinamarqueses estreiam nas Eliminatórias contra a Armênia, em Copenhague.

dina dina1 dina2

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo