EUA definem cidades na candidatura a sede da Copa

A US Soccer, Federação Norte-Americana de Futebol, anunciou as 18 cidades que concorrem na candidatura do país a receber a Copa do Mundo em 2018 e 2022.

As cidades escolhidas incluem Nova York, Los Angeles, Miami, Dallas e Boston, todas com estádios com capacidades médias de 78 mil pessoas. As outras cidades são Atlanta, Baltimore, Denver, Houston, Indianápolis, Kansas, Nashville, Philadelphia, Phoenix, San Diego, Seattle, Tampa e Washington.

Entre as cidades escolhidas, a surpresa é a ausência de Chigago, recentemente candidata à Olimpíada de 2016. Segundo o presidente da federação, Chicago não conseguiu se adequar ao que a Fifa exige para a cidade sede por conta da candidatura olímpica.

Além de Chicago, outras cidades importantes ficaram fora da lista: San Francisco, Detroit e Orlando, todas sedes da Copa de 1994.

O presidente da Confederação de futebol Estadunidense, Sunil Gulati, considera que os maioreas adversários do país são a Austrália e o Catar. “Muitas pessoas pensam que a Copa de 2018 será na Europa. Ficaremos felizes com 2022. E se uma Copa do Mundo vai para a Europa, então acredito que a Austrália será bem agressiva na sua candidatura, e o Catar tem feito muitas coisas boas”, disse Gulati.