O Observatório do Futebol do Centro Internacional de Estudos do Esporte (CIES) descobriu que apenas três equipes colocaram em campo nos primeiros meses desta temporada jogadores que estão no time principal há mais de cinco anos, em média. Não por coincidência, são os três que dominam o futebol europeu nesta década, com oito dos últimos dez títulos da Champions: Real Madrid, Barcelona e Bayern de Munique.

De acordo com o estudo, os jogadores utilizados por esses times estão, em média, há 5,84 anos no Real Madrid, 5,36 no Barcelona e 5,26 no Bayern de Munique. Entre as cinco principais ligas da Europa, o Atlético de Madrid aparece na sequência, com média de 4,17 anos, seguido pelo Tottenham, com 3,89 anos.

Athletic Bilbao (3,80), com regras rígidas de contratações, Manchester United (3,72), Borussia Monchengladbach (3,48), Napoli (3,43) e Bournemouth (3,37) completam os dez times das principais ligas europeias que trocam menos os seus jogadores. Fora da elite europeia, destacam-se o Viktoria Plzen (4,28), Celtic (4,25), Shakhtar Donetsk (4,02), Mattersburg (3,86), da Áustria, e Odd (3,78), da Noruega.

Da mesma maneira, o estudo determinou quais são os clubes em que a rotatividade é imensa. O vencedor, entre as cinco primeiras ligas, foi o Parma, que recentemente faliu e teve que começar desde os primeiros degraus da pirâmide italiana. Os jogadores usados por ele estão no time principal há apenas 0,65 anos, em média. Na sequência, estão o Caen (0,74), o Frosinone (0,75), o Huesca (0,81) e o Bologna (0,90).

Entre equipes mais relevantes com muita rotatividade de jogadores, destacam-se o Monaco e o Sevilla, dois clubes vendedores. Os franceses usam atletas que estão no Principado há apenas 1,23 anos em média, e os espanhóis, 1,25. Fora das cinco ligas, o Istra 1961, da Croácia, é o campeão de entra e sai: média de apenas 0,15 anos.

Os 20 clubes mais estáveis das cinco principais ligas europeias

Os 20 clubes menos estáveis das cinco principais ligas europeias

Os 20 clubes mais estáveis fora das cinco principais ligas

Os 20 clubes menos estáveis fora das cinco principais ligas


Os comentários estão desativados.