Velocidade e precisão. Essas são as duas palavras que definem este começo de temporada de Yannick Carrasco com a camisa do Atlético de Madrid. E o segundo gol anotado pelo belga na partida ante ao Málaga, no último sábado, conseguiu ser a síntese perfeita do que ele tem jogado. A agilidade com a qual o camisa 10 puxou um contra-ataque após receber um bolão de Ángel Correa e a exatidão de seu chute cruzado, para ampliar o perigoso placar de 3 a 2, resumiram muito bem o que está fazendo Carrasco voar.

VEJA TAMBÉM: Simeone: “Alguns jogadores chegam no Atlético de Madrid meninos e se transformam em homens”

Ao passo em que o meia abriu o marcador no Calderón, com sete minutos de bola rolando, ele o fechou pouco antes do juiz apitar o fim da partida. E com um golaço. Pela corrida, claro, mas principalmente pela bela finalização, que não seu forte na temporada passada e, desta vez, não era fácil por conta do ângulo. É incrível como o belga tem sido mais eficiente e constante neste Atlético com uma proposta mais ofensiva. Se continuar desse jeito, os colchoneros terão muito o que comemorar até 2022, quando seu novo contrato termina.

.